Pesquisa Facebook no Brasil: dados inéditos sobre a maior rede social do mundo

Pesquisa Facebook no Brasil: dados inéditos sobre a maior rede social do mundo

Embora alguns acreditem que o Facebook no Brasil tornou-se obsoleto, os dados provam o contrário. A rede social ainda é muito marcante no cotidiano do brasileiro.

De acordo com o relatório Digital 2021, o Facebook foi a terceira rede social mais acessada no início de 2021 pelos brasileiros. Além disso, a plataforma segue sendo a mais utilizada em todo o mundo, com mais de 2,7 bilhões de contas ativas. Dessas, 130 milhões são brasileiras.

Sendo assim, o Facebook continua sendo uma rede social que oferece muitas oportunidades para marcas e empresas.

Para compreender melhor o comportamento, perfil, preferências e hábitos dos usuários da plataforma, o Opinion Box fez uma pesquisa exclusiva sobre o Facebook no Brasil. Confira os principais insights.

Facebook no Brasil: comportamento dos usuários

A pesquisa mostrou que a maioria dos usuários do Facebook é bem ativa na rede social: 79% acessam a rede social pelo menos uma vez ao dia, sendo que, desses, 39% entram no “face” várias vezes ao dia e 14% deixam o Facebook aberto o dia inteiro. Além disso, 36% concordaram que gastam muito tempo do dia no Facebook.

Com relação às preferências de uso da rede social, a grande maioria (49%) prefere publicar fotos e somente 6% preferem publicar vídeos na plataforma.

Pesquisa Facebook no Brasil: dados inéditos sobre a maior rede social do mundo

Os hábitos dos usuários variam bastante: 67% costumam acompanhar e curtir as fotos de amigos, 57% participam de grupos que os interessam, 53% publicam suas fotos, curtem e interagem em publicações. 

Impactos do isolamento social

Desde a chegada da pandemia no Brasil, em março de 2020, as lives nas redes sociais tornaram-se uma alternativa de entretenimento no isolamento social. 76% já assistiram a uma transmissão ao vivo na rede social. Além disso, 44% dos usuários passaram a assistir mais lives no Facebook desde o início da pandemia.

Somada a outros fatores decorrentes do isolamento, a frequência de uso do Facebook aumentou bastante no último ano. 35% dos usuários estão acessando mais a plataforma, comparado ao ano anterior.

Além disso, 54% passaram a utilizar mais o Facebook durante a pandemia e 62% acreditam que continuarão usando a rede social com a mesma frequência nos próximos 12 meses.

Relação dos usuários com as marcas

Assim como nas pesquisas anteriores sobre outras redes sociais, como Instagram e Twitter, a presença das marcas é bem forte para os usuários do Facebook. 82% afirmaram que seguem alguma marca ou empresa na rede social.

Esse é somente um dos indicadores que mostram a importância do posicionamento das marcas na plataforma. Além disso, 75% concordam que as marcas e empresas devem estar presentes nas redes sociais para interagir com os consumidores e 72% concordam que o Facebook pode aproximar pessoas e empresas. 

Isso também demonstra que o Facebook pode ser uma poderosa ferramenta para melhorar o relacionamento com o cliente.

Além disso, o Facebook também influencia bastante no momento de compra dos consumidores. 63% já compraram algum produto ou contrataram algum serviço que descobriram no Facebook. Além disso, 58% já adquiriram produtos ou serviços indicados na plataforma.

Percepção sobre os anúncios

Com relação aos anúncios presentes no Facebook, os resultados da pesquisa mostraram que a percepção dos usuários está sendo positiva, mas ainda pode melhorar. 51% afirmaram que são anúncios que têm a ver com eles. Além disso, somente 9% clicam nos anúncios com frequência. 

Em comparação com os anúncios do YouTube, por exemplo, 61% afirmaram que os anúncios da plataforma não têm a ver com eles.

Ainda assim, tudo que é bom pode ser melhorado, certo? É muito importante direcionar campanhas ao público certo para obter resultados melhores.

Busca de empregos no Facebook

Em 2018, o Facebook lançou uma ferramenta de pesquisa por empregos dentro da rede social no Brasil. O objetivo da ferramenta é facilitar a comunicação entre a empresa e os candidatos, além de aumentar o tráfego na plataforma.

De acordo com a pesquisa, 39% já utilizaram a ferramenta para procurar emprego e 33% dos usuários já conseguiram ser contratados por lá.

Ainda assim, desde antes do lançamento da ferramenta, já existiam muitos grupos de emprego no Facebook. 49% dos usuários participam desses grupos na plataforma.

Dados sobre as principais redes sociais do Brasil

O Opinion Box fez uma série de pesquisas sobre o uso das principais redes sociais no país. Caso você queira continuar impulsionando as suas estratégias nas redes sociais, por exemplo, não deixe de conferir os outros resultados de pesquisa. Para acessá-los, basta clicar nos links:

Facebook no Brasil: sobre a pesquisa

Por fim, para realizar a pesquisa, entrevistamos 1028 usuários do Facebook que fazem parte do Painel de Consumidores do Opinion Box. A coleta aconteceu em maio de 2021 e a margem de erro é de 3,1pp.

Gostou dos dados e quer acessar a pesquisa na íntegra? Baixe o infográfico com o relatório completo clicando aqui.

Você também pode fazer uma pesquisa de mercado online voltada para o seu negócio! Quer saber mais sobre nossas soluções? É só entrar em contato com um de nossos especialistas clicando aqui.

Também poderá gostar de:

AUTOR

Danielle Salgado

Publicitária, fotógrafa e a louca dos gatos. Apaixonada por Marketing, adora descobrir coisas novas e falar sobre elas. Tem o sonho de viajar pelo mundo.