Digital branding: o que é, para que serve e como fortalecer sua marca na internet com o e-branding

Digital branding: o que é, para que serve e como fortalecer sua marca na internet com o e branding

Como fazer a gestão da sua marca na era do digital e do mobile? A resposta é fácil: com digital branding. Conheça essa prática e aprenda a utilizá-la com dicas e ferramentas que vamos te indicar.

O conceito de branding não é novidade para quem entende de marketing ou trabalha na área. Essa prática consiste em desenvolver ações especificamente para fortalecer uma marca no mercado. E com o auge do marketing digital em que vivemos, nada mais natural que a ideia do branding seja trazida agora para o meio online. É aí que surge o digital branding.

O que é digital branding?

O digital branding é o processo da gestão de marca feito por meio da expansão da conectividade.

Em outras palavras, essa modalidade de gestão de marcas é o resultado da combinação de esforços do branding tradicional aliado ao marketing digital. Portanto, estamos falando de um trabalho de consolidação de marcas totalmente voltado e adaptado ao ambiente online.

Além disso, com a internet e os dispositivos móveis, está cada vez mais fácil criar e espalhar conteúdos de marca. Redes sociais como o Instagram e o Facebook, por exemplo, vêm estimulando parcerias, anúncios e a veiculação de material de todo tipo de empresa nas suas plataformas.

Para que serve o digital branding?

As práticas de digital branding, ou e-branding, trabalham utilizando plataformas digitais para divulgar seus produtos e soluções, para criar elos com o cliente, mas também para mostrar a que veio. Qual o propósito da sua empresa? Como sua cultura é transmitida para o consumidor? O que ela tem a mostrar sobre sua identidade para todo o mercado?

Nesse sentido, o digital branding deve responder questões como essas. Por meio de conteúdo, de campanhas e ações com o público, essa modalidade da gestão de marca vai usar todas as plataformas possíveis para se firmar no digital e conquistar o coração do seu público.

Qual a importância do digital branding?

Em um mercado cada vez mais competitivo, os consumidores também se tornam mais exigentes. Nesse sentido, é preciso saber se diferenciar demais e se aproximar do seu consumidor.

Sendo assim, quando uma empresa investe em uma boa estratégia de digital branding, a tendência é que o relacionamento com o cliente seja cada vez mais aprimorado, a ponto de fazer com que o consumidor se torne um verdadeiro fã da marca.

Afinal de contas, um dos objetivos dessa estratégia é valorizar a experiência do consumidor durante toda a jornada de compra online.

Além disso, outras vantagens do digital branding são:

  • Melhorar o posicionamento da marca;
  • Desenvolver interações de sucesso com o cliente por meio das novas tecnologias;
  • Exercer a gestão de marca com a ajuda das ferramentas digitais;
  • Expande o alcance da marca, principalmente online. 

Dicas e ferramentas para fazer um bom e-branding

Agora vamos à parte prática da gestão de marcas voltada para o ambiente digital. Primeiramente, existem algumas dicas básicas para quem pretende fortalecer a sua imagem a partir da internet:

  • Conheça a fundo o seu consumidor. Você quer posicionar sua marca para quem? Os esforços de digital branding devem ser bem direcionados para que sejam, de fato, efetivos. Conheça de verdade o comportamento do seu consumidor para construir uma marca que seja relevante de verdade para ele.
  • Produza conteúdo de qualidade. Não adianta apenas se fazer presente na internet. O consumidor digital tem seus hábitos próprios e entre eles está um nível alto de exigência sobre os conteúdos que vai consumir. Veja aqui como gerar conteúdo relevante para o seu público por meio do marketing digital.
  • Crie parcerias. Marcas fortes tendem a se unir a outras similares e a internet facilita bastante isso. Nesse sentido, construa um bom relacionamento com empresas que podem ajudar a fortalecer o seu negócio, seja produzindo conteúdo por parcerias ou desenvolvendo projetos juntos.
  • Não se esqueça do offline. Branding e e-branding são estratégias complementares. Como qualquer conceito de marketing, o online não necessariamente substitui o offline. Sendo assim, é importante unir as duas ideias e trabalhar com o melhor de cada uma, sempre visando o seu público-alvo, é claro.

Redes sociais

As redes sociais já se consolidaram como verdadeiras vitrines para as marcas nos últimos anos. Toda empresa pode criar uma conta no Facebook, no Instagram ou no LinkedIn para se mostrar, se relacionar com seus clientes e expor tudo que sua marca tem de melhor.

Nesse sentido, para se ter uma ideia do poder que as redes sociais tem no branding, vamos ilustrar como essas vitrines geram impacto direto nas vendas de um negócio. Em nossa pesquisa sobre o Instagram, descobrimos que 59% dos usuários já compraram algum produto ou contrataram algum serviço que conheceram na rede social. O esforço de digital branding contribui diretamente para isso.

É por dados como esse que estar nas mídias sociais se torna cada vez mais indispensável para quem trabalha em alguma frente do meio online. Sendo assim, quando for pensar em branding, lembre-se disso.

Pesquisa de mercado online

A pesquisa de mercado sempre foi uma ferramenta importante para levantar todo tipo de dado relevante para as empresas. Com a migração de muitas práticas empresariais para o online, a pesquisa veio junto.

Pesquisas de mercado online são ótimas formas de falar com um consumidor extremamente ativo e inteligente: o e-consumidor. Com uma pesquisa quantitativa é possível investigar aspectos diversos do comportamento do seu consumidor.

Nesse sentido, uma pesquisa de imagem de marca, por exemplo, pode falar muito sobre como sua marca é percebida na opinião de quem mais importa – o consumidor.

Marketing de influência

O marketing de influência é uma excelente estratégia para se comunicar com o seu público de forma orgânica.

Afinal de contas, ele age através de personalidades que o público já conhece. Sendo assim, é mais fácil chegar até o consumidor e convencê-lo a acreditar na sua mensagem.

Recomendado para você:  O que é marketing de influência e como se beneficiar dele

Nesse sentido, o marketing de influência se baseia na confiança e no engajamento. Se você confia na opinião e na experiência de alguém, você é influenciado por ela. Sendo assim, fica mais fácil optar por uma marca ou produto que aquele influenciador divulga para você.

Além disso, em uma estratégia de digital branding atrelada ao marketing de influência, um dos principais objetivos é aumentar o alcance da marca. Isso faz com que a sua mensagem chegue ao público-alvo através de personalidades reconhecidas por ele, aumentando o alcance e a confiança na sua marca.

Marketing de relacionamento

Por fim, outra parte importante do branding é ir além do simples posicionamento da sua marca. A gestão correta de uma marca deve prever ainda os esforços de relacionamento com o seu consumidor. Afinal, de nada adianta consolidar uma imagem se ninguém vai absorvê-la e interagir com ela.

O marketing de relacionamento faz justamente esse trabalho. Ele cria elos fortes entre marca e consumidor. Com marketing de relacionamento é possível estabelecer comunicação honesta e saudável diretamente com o seu público e tirar todo o proveito disso. Faça com que o digital branding do seu negócio esteja aliado com ações de relacionamento. O resultado será o melhor possível, desde o maior brand awareness até o sonho da fidelização de clientes.

Quer continuar melhorando suas estratégias de marketing? Aprenda com nosso ebook sobre melhorias para as áreas de marketing e vendas. Clique no banner abaixo e descubra como trabalhar na jornada de compras para economizar recursos e vender mais!

Também poderá gostar de:

AUTOR

Pedro D'Angelo

É jornalista, mas decidiu aventurar-se com Marketing. Hiperativo e curioso por natureza, fala sobre qualquer assunto. Por isso, achou uma boa ideia sentar para escrever sobre eles.