Canais de venda: o que são e como escolher os seus?

Canais de venda: o que são e como escolher os seus?

Ao tomar a decisão de abrir um novo negócio, uma série de fatores deve ser levada em consideração para que tudo dê certo no final. Entender os potenciais canais de venda para uma empresa é um dos passos mais importantes deste processo.

É muito importante mapear a segmentação de mercado em que a empresa irá atuar. Afinal de contas, quanto mais assertiva for essa decisão, maiores serão as chances deste negócio se tornar bem sucedido.

Ainda assim, mesmo que o seu negócio já esteja atuando no mercado, nunca é tarde para rever os seus canais de venda e redefinir uma nova estratégia, tendo em vista a ideia de oferecer uma melhor experiência ao seu cliente.

Confira a seguir o que são os canais de venda e como definir os seus da melhor maneira possível.

O que são canais de venda?

Os canais de venda são basicamente os meios em que o seu negócio irá comercializar os produtos e serviços para o público. Nesse sentido, os canais de venda podem ser online ou offline.

Na maioria das vezes, os canais de venda são o primeiro contato entre o seu negócio e um potencial cliente. Sendo assim, ao definir esses canais, você basicamente irá definir como realizará as suas vendas.

Uma empresa pode ter vários canais de vendas, tanto online quanto offline. Nesse sentido, o ideal é que o seu negócio esteja presente nos pontos de venda físicos e no e-commerce.

Afinal de contas, nos últimos anos, os consumidores mudaram os seus hábitos de consumo e as compras online vêm ganhando cada vez mais força nesse sentido.

No entanto, os consumidores preferem ter as duas possibilidades de comprar: tanto online quanto offline. Um dado que reforça isso é que, de acordo com o Panorama da Experiência do Consumidor, 1 em cada 5 consumidores compram predominantemente em lojas físicas.

Isso tudo mostra que a tendência é que todas as empresas se tornem omnichannel, ou seja, esteja atuando em todos os canais de forma integrada para oferecer a melhor experiência possível ao consumidor.

Ainda assim, é importante definir quais serão os canais de venda que terão mais fit com o público para o seu negócio atuar. Mas, como fazer isso?

Canais de venda online

Confira a seguir os principais canais de venda online e como cada um deles atua.

Google Ads

O Google Ads é uma excelente ferramenta de vendas online. Afinal de contas, estamos falando da plataforma de anúncios do maior buscador do mundo. Se você quer que o seu negócio tenha visibilidade no Google, você precisa anunciar no Google Ads.

É importante ressaltar que grande parte das pessoas pesquisam inicialmente por uma loja, produto ou serviço no Google. E isso não é válido somente para as lojas online.

De acordo com o Panorama da Experiência do Consumidor, 49% dos consumidores procuram no Google para ver as avaliações de outros consumidores antes de comprar um produto em uma loja física que nunca ouviram falar. Além disso, 60% daqueles que compram online fazem o mesmo.

Tudo isso ressalta a grande importância da plataforma como um grande canal de vendas para o seu negócio. A própria plataforma oferece um treinamento gratuito sobre como utilizá-la.

Redes Sociais

Vivemos a era das redes sociais. Cada vez mais, elas vêm sendo modificadas para se tornarem verdadeiras vitrines para as lojas. É o caso do Instagram, por exemplo, que inclusive já tem a sua própria seção de lojas.

O Social Commerce vem se tornando uma importante prática de venda para as empresas. De acordo com uma pesquisa feita pelo Opinion Box em parceria com a Social Miner, 74% dos consumidores utilizam as redes sociais para fazerem compras.

Sendo assim, ter um canal de vendas direto nas redes sociais é muito importante para um negócio prosperar. Mas cuidado! Tenha em mente que isso não é uma tarefa simples.

Para isso, você precisa de uma equipe especializada que esteja pronta para atender o seu cliente e oferecer uma boa experiência para ele.

E-mail marketing

O e-mail marketing é uma poderosa ferramenta que pode estar atrelada a uma estratégia de marketing de conteúdo.

Seu principal objetivo é gerar mais conversões e educar a sua base de contatos até ela estar preparada para um possível momento de compra, considerando o funil de vendas. 

Nesse sentido, na medida em que os seus leads forem caminhando para o fundo do funil, os e-mails podem ter uma cara mais comercial. Essa é uma excelente estratégia para abordar a sua base de contatos de uma forma menos invasiva.

No entanto, é fundamental que essa base seja com pessoas qualificadas, ou seja, aquelas que realmente já demonstraram algum tipo de interesse pelos seus produtos ou serviços oferecidos.

Marketplace

O marketplace é como se fosse um verdadeiro shopping, porém online. São basicamente grandes e-commerces que reúnem produtos de diversas marcas menores.

O principal benefício de utilizar essas grandes plataformas como um dos seus canais de vendas online é a oportunidade de aproveitar a visibilidade que elas proporcionam para o seu negócio, tendo a garantia de que o seu produto será visto.

Atualmente, as principais plataformas de marketplace disponíveis no mercado brasileiro são: Amazon, Americanas, Magazine Luiza e Shoptime.

E-commerce

Nos dias atuais, não ter o seu negócio disponível no e-commerce pode ser sinônimo de perda de vendas.

Esse canal de vendas já vem se consolidando no mercado há um bom tempo. No entanto, com a chegada da pandemia, uma quantidade ainda maior de pessoas começou a comprar online. E ter a sua própria loja online é sinônimo de confiabilidade para os seus consumidores.

Mas atenção: para que você tenha sucesso nessa estratégia, é muito importante que você invista em uma plataforma segura e confiável.

Sendo assim, escolha por uma loja virtual que possua uma plataforma simples e amigável, focando na experiência do usuário. Além disso, é fundamental que você opte por uma ferramenta que irá proteger os dados dos seus clientes.

Canais de venda offline

Conheça agora os principais canais de vendas offline que você pode investir para o seu negócio.

Ponto de venda

A loja física, claro, é o principal canal de vendas offline. Por mais que as compras online estejam totalmente em alta, a parcela de pessoas que prefere comprar nas lojas físicas ainda é muito relevante.

Também de acordo com o Panorama da Experiência do Consumidor, entre as pessoas que preferem comprar nas lojas físicas, 57% preferem esse canal de vendas por não ter que esperar para receber o produto.

Nesse sentido, os pontos de venda podem ser lojas físicas ou franquias, por exemplo. No entanto, é preciso ter em mente que esse canal de venda requer um investimento maior, pois é importante que a loja seja bem localizada.

Além disso, é muito importante que a loja física tenha uma divulgação online, por meio de um site, redes sociais ou e-mail marketing, para que ela tenha maior visibilidade.

Televisão

Por mais que pareça que a televisão perdeu espaço para a internet, a tv aberta continua liderando os investimentos em mídia no país.

A televisão é um importante meio de comunicação e anunciar lá é sinônimo de visibilidade para o seu negócio. 

Existem diversas formas de anunciar o seu produto em canais de televisão, sejam abertos ou fechados. No entanto, o ponto negativo é que essa é uma estratégia que requer um alto investimento, pois esses anúncios são muito caros.

Venda direta 

A venda direta consiste basicamente em um representante comercial que não possui vínculo empregatício com a empresa e recebe uma comissão de acordo com a porcentagem de vendas.

São esses vendedores que se dirigem até o consumidor final, indo até a casa dele, por exemplo, apresentando os produtos que a empresa tem. 

Algumas empresas que fazem venda direta no Brasil são: Natura, Avon, Eudora, Jequití, entre outras.

Como definir os canais de venda para uma empresa

Com tantos canais disponíveis, pode parecer fácil definir uma estratégia para escolher os que mais se encaixam no seu negócio.

No entanto, é importante ressaltar que a experiência do consumidor deve sempre ser considerada como o principal ponto de partida, independentemente da escolha.

Sendo assim, escolha somente aqueles canais que você sabe que terá uma equipe capacitada para oferecer um bom atendimento e proporcionar um bom relacionamento com o cliente.

Além disso, ao fazer uma pesquisa de mercado, você poderá entender melhor as preferências de canais de venda diretamente do seu público alvo.

Você pode criar a sua própria pesquisa de mercado na nossa Plataforma de Pesquisa ou também pode contar com a ajuda dos nossos especialistas. Caso você queira saber mais informações, basta clicar no banner abaixo.

Também poderá gostar de:

AUTOR

Danielle Salgado

Publicitária, fotógrafa e a louca dos gatos. Apaixonada por Marketing, adora descobrir coisas novas e falar sobre elas. Tem o sonho de viajar pelo mundo.