O que é brand equity e como agregar mais valor à sua marca

Pedro D'Angelo
O que é brand equity e como agregar mais valor à sua marca

Brand equity é um termo de marketing que representa o valor de uma marca. Esse valor é determinado pela percepção e experiências que o consumidor tem com a marca em questão. Se as pessoas têm boas recordações, ela tem um valor de marca positivo. Quando uma marca decepciona até o ponto em que as pessoas recomendam que outras pessoas a evitem, ela tem um valor de marca negativo.

Até aí tudo bem, mas o que você pode fazer a respeito? A resposta é: muito! Para entender de vez o que é brand equity e como impulsionar o seu valor de marca a partir dessa ideia, continue lendo. É sobre isso que vamos conversar agora.

A importância de uma marca forte e a experiência do consumidor

Como o conceito já explica, o valor que o brand equity representa para a marca vem por meio de experiências positivas.

Já faz algum tempo que colocamos em pauta aqui no blog a importância de oferecer experiências memoráveis e o brand equity é mais uma justificativa para isso.

Muitas vezes, a empresa que transmite maior valor para o mercado não será a que oferece produtos mais baratos, mais luxuosos ou mais bonitos. No fim das contas, é a que vai oferecer um atendimento surpreendente, um primeiro contato inesperado ou um pós-venda encantador.

Empresas que focam em experiências memoráveis e em ficar na mente dos seus clientes são as que desenvolvem mais facilmente seu brand equity. E, normalmente, essas empresas estão um passo à frente da concorrência rumo ao sucesso.

Quando as marcas conseguem ser reconhecidas dessa forma por seu valor, elas só tem a ganhar. Elas se tornam referências respeitadas no mercado. Dessa forma, o valor é percebido pelos consumidores, que passam a procurá-la pela confiança que a empresa transmite diante do mercado e da concorrência. Por fim, com mais vendas geradas a partir desse valor, também fica muito mais fácil fidelizar clientes e continuar crescendo.

Como desenvolver brand equity

As marcas com um valor reconhecido no mercado geralmente passaram por um processo que podemos resumir assim:

Conscientização: A marca é introduzida ao seu público-alvo – muitas vezes com publicidade – de uma forma que é notada.
Reconhecimento: Os clientes se familiarizam com a marca e a reconhecem quando a veem na mídia ou ouvem falar por terceiros.
Julgamento: Agora que eles reconhecem a marca e sabem o que é ou significa, eles tentam.
Preferência: Quando o consumidor tem uma boa experiência com a marca, torna-se sua prioridade, a que será escolhida.
Fidelidade:  Depois de uma série de boas experiências de marca, os usuários não apenas recomendam para outros, como também voltam a comprar. Eles associam a marca à positividade e não querem abrir mão dela mais.

Mas como chegar até o início desse caminho e percorrê-lo? É o que você vai aprender logo abaixo.

Como agregar valor à sua marca: estratégias e ações

Desenvolver o valor de uma marca é um processo tido como natural, mas que pode ser facilitado. Ninguém vai passar a amar sua empresa de uma hora para outra, sem esforço da sua parte. Pensando nisso, vamos agora a algumas estratégias que vão te ajudar a conquistar o mercado a fim de gerar valor para sua marca e sua imagem.

Tenha um posicionamento de marca forte

O posicionamento de marca representa como você quer que a sua marca seja reconhecida pelos seus clientes. Essa frase traz algumas informações importantes. Primeiro, não é como seus clientes enxergam a sua marca, mas sim como você quer que eles enxerguem sua marca. Segundo, não é o que sua marca é ou como ela é reconhecida atualmente, mas sim como você quer que ela seja reconhecida.

O posicionamento de marca pode ser sintetizado em uma frase ou um parágrafo. Para definir o seu posicionamento, reflita: a quem seu produto se destina? Quais são seus diferenciais e como seus produtos resolvem a vida do consumidor? Trabalhe em cima dessas questões para começar a projetar a imagem que busca para seu negócio.

Crie vínculo emocional com o consumidor

Sabe aquela história de apelar para a emoção? Aqui, ela faz sentido, já que 95% das nossas decisões ocorrem de forma intuitiva e emocional.

Assim, é fundamental que as empresas criem vínculos emocionais com os consumidores para impulsionar seu brand equity.

As empresas que conseguem criar um vínculo emocional positivo com os seus clientes ocupam um lugar especial na mente e no coração dos clientes. Com isso, é possível aumentar a recorrência de compras e o ticket médio, pelo simples fato de que consumir aquela marca faz os consumidores se sentirem felizes.

Aprenda a criar vínculo emocional com seu cliente clicando aqui.

Ouça o que o cliente tem a dizer

Quer saber como cair nas graças do consumidor? Então por que você não pergunta diretamente a ele?

Para desenvolver brand equity, uma boa ideia é criar um canal de diálogo com seu próprio cliente. Ouvir o que seu consumidor tem a dizer pode trazer os insights decisivos para mudar e melhorar o que for necessário.

Esse diálogo com o consumidor pode ser feito de forma muito fácil. Comece experimentando com pesquisas de satisfação. Use os clientes que você já tem para descobrir opiniões sobre seu serviço. Onde sua marca pode melhorar? Como tem sido a experiência de compra dos seus produtos?

[ir posts=”1678″ name=”Pesquisa de Satisfação”]

Envie pesquisas de satisfação após uma venda para oferecer ao cliente a chance de ser ouvido. Todo mundo quer dar sua opinião sobre o que compra a fim de ter acesso a serviços, produtos e atendimento cada vez melhores. Do lado da marca, ganha-se com informações estratégias vindas de quem mais importa: quem paga a conta.

Se já estiver convencido a fazer pesquisas de satisfação para entender melhor o que se passa na mente do seu cliente, vou te ajudar. Temos um kit pronto para a realização de pesquisas de satisfação e você pode baixá-lo clicando no banner abaixo. Faça o download gratuito e confira textos explicativos, um ebook sobre o tema e até modelos de perguntas e questionários prontos!

Também poderá gostar de:

Transformação digital no marketing: como esse setor está se transforma... Transformação digital é a necessidade de criar experiências para os usuários de uma forma digitalizada e otimizada. E...
Fake news: como saber se os dados de uma pesquisa são confiáveis? Fake news, ou notícias falsas, são notícias criadas com o intuito de disseminar uma inverdade. Elas trazem característic...
AUTOR
Pedro D'Angelo

Pedro D'Angelo

É jornalista, mas decidiu aventurar-se com Marketing. Hiperativo e curioso por natureza, fala sobre qualquer assunto. Por isso, achou uma boa ideia sentar para escrever sobre eles.

Daniela Schermann
Receba nossas novidades por e-mail