Business Intelligence: O que é, para que serve e como implantar?

Daniela Schermann
Business Intelligence: O que é, para que serve e como implantar?

Por que aquele lançamento de produto não deu certo? Por que as vendas da minha empresa estão caindo? Como eu posso aumentar o ticket médio das minhas vendas? Essas e muitas outras perguntas podem ser respondidas com Business Intelligence ou, em português, inteligência de mercado.

Business Intelligence: conceito

Business Intelligence, ou BI, é o conjunto de práticas adotadas pelas empresas para coletar, monitorar, organizar, analisar e priorizar dados e, assim, tomar decisões mais inteligentes.

Por isso, empresas que adotam Business Intelligence são empresas que possuem uma gestão baseada em dados.

Com o uso de tecnologias, hoje é possível obter dados sobre diferentes aspectos da empresa, do produto, do mercado, dos concorrentes e dos fornecedores. Business Intelligence, portanto, não é apenas uma ferramenta, como muitos pensam, mas sim um conjunto de práticas e de ferramentas que vão facilitar o processo de tomada de decisão da empresa.

Business Intelligence x Big Data

Se Business Intelligence tem a ver com coletar, organizar e analisar dados, tem a ver também com Big Data, certo? Certíssimo. Mas são coisas diferentes.

O Big Data consiste em coletar, armazenar e organizar um volume gigantesco de informações. Ao fazer isso, é possível encontrar correlações e padrões que seriam impossíveis de serem identificados a olho nu.

Ou seja, o uso da tecnologia e de metodologias de Data Science permitem fazer uma análise mais aprofundada de um volume de dados cada vez maior.

Já o Business Intelligence se refere muito mais ao que fazer com esses dados. Ou seja, se trata de extrair as informações certas, no momento certo, e utilizá-las da melhor forma possível para embasar uma decisão.

É por isso que a combinação de Big Data e Business Intelligence tem o poder de levar o seu negócio às alturas.

Business Intelligence x pesquisa de mercado

Já entendemos a relação entre BI e Big Data. E a pesquisa de mercado, onde ela entra? A pesquisa é uma importante fonte de coleta de dados para o Business Intelligence.

Ao fazer entrevistas diretamente com diferentes públicos, é possível obter informações que nenhum sistema ou plataforma é capaz de dar.

É por isso que qualquer empresa que quer trabalhar com Business Intelligence precisa fazer pesquisa de mercado.

Hoje existem diferentes soluções digitais, como o Opinion Box, para quem quer entrevistar os próprios clientes ou o público-alvo em geral.

Além das pesquisas de mercado, existem várias soluções que medem a percepção do consumidor em tempo real. Assim, é possível avaliar a experiência do consumidor em diferentes momentos da jornada de compra e obter dados muito valiosos para a tomada de decisão.

Business Intelligence: O que é, para que serve e como implantar?

Por que aplicar Business Intelligence na minha empresa?

A prática de Business Intelligence é fundamental para que as empresas estejam preparadas para o cenário competitivo dos dias atuais.

A transformação digital possibilitou a expansão de novos negócios, mas também elevou o nível de concorrência e excelência a outro patamar.

Por isso, sem informação e sem uma gestão baseada em dados, fica muito difícil prosperar e se destacar.

Veja algumas vantagens que o Business Intelligence pode trazer para o seu negócio:

Decisões mais inteligentes

Eu sei que eu já disse isso aqui hoje, mas nunca é demais reforçar: sem informação, é impossível tomar decisões inteligentes. Quem acompanha o Opinion Box há mais tempo, sabe que o nosso lema é “sem achismos”.

Isso porque acreditamos que todas as decisões do seu negócio devem ser tomadas com base em dados e não apenas na intuição.

Por isso, se você quer ter mais certeza de que suas decisões estratégicas vão dar certo e não quer perder tempo com indecisões e incertezas, você precisa adotar o BI na sua empresa.

Otimização de processos

Se você utilizar dados de forma recorrente, os colaboradores passarão a tomar decisões de forma mais processual e estruturada. Ou seja, quanto mais se utiliza o Business Intelligence, mais rápidas são tomadas as decisões e mais otimizados se tornam os processos.

Oportunidades e melhorias

O uso de dados permite a identificação de oportunidades e melhorias.

Ao obter informações e dados sobre os seus consumidores, é possível reconhecer algo que pode ser melhorado no seu produto. Ou ainda uma demanda reprimida do seu público-alvo, que pode ser transformada em uma nova oportunidade de negócio, por exemplo.

Otimização de recursos

Existe uma frase célebre dentro do marketing que diz: “50% da minha verba de marketing está sendo desperdiçada. O problema é que eu não sei quais são esses 50%.”

Sem dados, é impossível saber se uma estratégia, ação ou investimentos está gerando resultados. Assim, é impossível saber quais ações podem ser descontinuadas para evitar o desperdício de dinheiro.

Um exemplo simples: imagine que uma empresa faça investimentos em mídia paga no Facebook, no Instagram, no YouTube e no Google. Ao final de três meses, as vendas no site dessa empresa triplicaram de tamanho.

Ao que tudo indica, investir em mídia paga foi um excelente negócio, certo? O gestor de marketing, então, continua investindo em todos os canais.

Mas, se ele tivesse observado os dados mais detalhadamente, teria percebido que, apesar de todos os canais darem bons resultados de cliques em anúncios, a maior parte da receita estava vindo do YouTube e do Google. Já o Facebook e Instagram, mesmo tendo um bom CPC, não estavam convertendo efetivamente em negócios.

Agora, leve esse exemplo para diferentes ações de marketing. Mais do que isso: leve para suas ações de vendas, recursos humanos, produto e todas as áreas da empresa. Dá para imaginar quanta verba está sendo desperdiçada por falta de dados?

Inteligência competitiva

Business Intelligence também pode ser aplicado para conhecer melhor o mercado e a concorrência. É preciso conhecer seus principais concorrentes, seus pontos fortes e suas ameaças ao seu negócio.

Mais uma vez, isso só é feito com base em dados e informações.

Como implantar Business Intelligence no meu negócio?

A implantação de Business Intelligence envolve uma combinação de escolha de ferramentas, desenvolvimento de processos e também a implantação na cultura organizacional da empresa.

É preciso que todos os setores da empresa adotem uma cultura orientada por dados. Afinal, as decisões estratégicas orientadas por dados só vão acontecer se as pessoas de fato analisarem os dados para tomar decisões.

Portanto, é preciso estimular a curiosidade, o raciocínio lógico e as decisões mais racionais para que o BI aconteça de fato na sua empresa.

Além disso, é preciso estabelecer processos para que os dados sejam analisados de forma periódica e recorrente.

Por fim, é preciso adotar ferramentas e metodologias para coleta, organização e análise dos dados. Vale lembrar que, para que as decisões sejam corretas, é preciso que, antes de mais nada, os dados sejam confiáveis.

Principais ferramentas de Business Intelligence

Existem diversas ferramentas disponíveis no mercado, mas vou destacar aqui algumas delas:

Tableau

A proposta de valor do Tableau é ousada: responder perguntas na mesma velocidade com que se pensa nelas.

A ferramenta vem se tornando extremamente popular nas empresas do mundo todo e lidera a lista da Gartner de ferramentas de BI já há seis anos.

Seu grande diferencial talvez seja a simplicidade da interface, mesmo com tantos recursos disponíveis.

Power BI

A ferramenta da Microsoft oferece fácil integração com diversas fontes de dados e gera relatórios variados. Os planos variam em três níveis, do mais básico ao avançado, e não é preciso ser um cientista de dados para operar a ferramenta.

Qlik View

Esta talvez seja a mais simples das ferramentas aqui listadas, e este é o seu grande diferencial. Em termos técnicos, ela é acessível para qualquer pessoa da empresa, o que facilita a implantação de uma cultura de dados.

Google Data Studio

Ele nasceu como uma ferramenta para dashboards e relatórios do próprio Google Analytics. Agora está se tornando uma excelente ferramenta de Business Intelligence.

A partir da integração do Google Data Studio com diversas outras plataformas, como MailChimp, PayPal, SalesForce e até o Twitter, a solução do Google oferece cruzamentos de dados avançados de toda a jornada de compra do consumidor.

O melhor de tudo? Gratuitamente.

Quer saber mais sobre como tomar decisões inteligentes no seu negócio? Baixe nosso ebook gratuito sobre análise de mercado. Você vai aprender como ganhar diferencial competitivo a partir da informação:

Também poderá gostar de:

Satisfação do cliente: tutorial completo sobre o tema A satisfação do cliente é uma das maiores preocupações de qualquer empresa. Ou deveria ser. Um cliente insatisfeito v...
Pesquisas para Growth Hacking: como a pesquisa de mercado te ajuda a c... Já ouviu falar ou pratica growth hacking na sua empresa? Então agora é hora de vermos juntos como as pesquisas para grow...
AUTOR
Daniela Schermann

Daniela Schermann

Jornalista e Líder de Marketing do Opinion Box, é especialista em Inbound Marketing e entende tudo sobre pesquisa e comportamento do consumidor. Prefere ser chamada só de Dani e está sempre aprendendo alguma coisa nova.

Daniela Schermann
Receba nossas novidades por e-mail