Preço de pesquisa de mercado: fatores que influenciam no custo de uma pesquisa online

Pedro D'Angelo
Preço de pesquisa de mercado: fatores que influenciam no custo de uma pesquisa online

Quer conhecer melhor os fatores por trás do preço de pesquisa de mercado? Vamos te ajudar! Descubra tudo o que influencia no custo de uma pesquisa, desde o tamanho do questionário até a análise das respostas.

Muitos clientes chegam até o Opinion Box com dúvidas diversas sobre pesquisa de mercado. Na nossa missão de democratizar as pesquisas, queremos desbancar todos os mitos e esclarecer todo tipo de questão que surgir. E um dos principais pontos que achamos importante explicar é o preço das pesquisas de mercado.

Preço de pesquisa de mercado: o que influencia no custo?

Vários fatores fazem com que sua pesquisa tenha um custo final mais alto ou mais baixo. Algumas características permitem até que você faça uma pesquisa de mercado gratuita.

Continue lendo para descobrir tudo o que influencia na hora de definir o preço de pesquisa de mercado:

Quantidade de perguntas

O fator mais básico que influencia em um preço de pesquisa de mercado é a quantidade de perguntas do questionário. Quanto mais longa for a pesquisa, maior deverá ser o investimento. 

Esse fator é explicado de forma bem simples: os respondentes precisam ser recompensados pelo seu esforço.

Quando você contrata uma pesquisa no Opinion Box, tanto na Plataforma de Pesquisa quanto uma pesquisa com especialistas, nós enviamos o questionário para nosso painel de consumidores, conforme o público contratado por você. Esses respondentes ganham prêmios pelas suas respostas. E claro, quanto maior o questionário, com mais perguntas, maior também será a recompensa do respondente.

Resumindo, então: quanto maior o tamanho do questionário, maior o prêmio e o custo da pesquisa, consequentemente.

Tempo estimado do questionário

Além da quantidade de perguntas, projetos de pesquisa de mercado mais robustos consideram o tempo estimado de resposta do questionário.

Principalmente no caso dos institutos de pesquisa, o preço costuma ser calculado pela duração estimada do questionário. Isso acontece geralmente em questionários mais complexos, com perguntas mais longas e alternativas mais elaboradas.

Essa é uma alternativa ao cálculo a partir da quantidade de entrevistas, funcionando na mesma lógica. Questionários mais demorados exigem maior esforço e atenção do respondente. Por isso, precisam custar mais caro para o contratante.

Além da dedicação do respondente, porém, questionários mais longos tendem a ser abandonados por quem está respondendo. Assim, a empresa que aplica a pesquisa pode ter alguns prejuízos na aplicação e precisa compensar esse custo mais alto.

Público que vai responder à pesquisa

Como estamos falando muito sobre os respondentes, chegou a hora em que eles influenciam no preço também.

O público que vai receber o questionário é um fator importantíssimo na precificação de uma pesquisa. Na prática, quanto mais amplo for o filtro de público, mais barato vai custar o questionário para você. Públicos mais específicos, por outro lado, sairão por um preço mais alto.

Para explicar melhor esse conceito, vamos a um exemplo prático. Vamos considerar uma pesquisa pensada para o estado de Minas Gerais e a cidade Belo Horizonte. O estado, obviamente, é mais populoso e, teoricamente, teria muito mais pessoas disponíveis para responder à sua pesquisa. Encontrar pessoas exclusivamente da capital, então, especifica mais a amostra do que falar com o estado todo. Assim, uma pesquisa com toda Minas Gerais fica mais barata do que uma apenas em BH.

Preço de pesquisa de mercado: fatores que influenciam no custo de uma pesquisa online

Filtros e caracterização do respondente

Além da definição do público da pesquisa, de forma geral, os questionários podem ter filtros e perguntas de caracterização mais específicas do respondente.

Alguns questionários podem precisar de filtros específicos para qualificar e desqualificar alguns respondentes. Em uma pesquisa sobre consumo de laticínios, por exemplo, pessoas que não consomem esses produtos não devem responder às perguntas. Assim, elas precisam ser “filtradas” através de perguntas no início do questionário, as perguntas de crivo.

Pesquisas customizadas podem conter os crivos mais variados, o que acaba influenciando no preço do projeto. Isso acontece porque o questionário inicial, sem filtros, é enviado para um número maior de pessoas, que posteriormente diminui em função da caracterização.

Para economizar nesse sentido, temos na nossa plataforma a opção de lançar sua pesquisa para segmentações específicas. Confira aqui as opções e aprenda a fazer pesquisa com alguns dos filtros mais utilizados nas pesquisas de mercado.

Margem de erro desejada

A margem de erro é o índice que determina a estimativa máxima de erro dos resultados de uma pesquisa. Mas qual é a margem de erro ideal para uma pesquisa de mercado? Não existe um número absoluto para responder a essa pergunta. O mais indicado, é claro, é trabalhar com a menor margem de erro possível.

Quanto mais entrevistas você fizer na sua pesquisa de mercado, menor será a margem de erro. Quanto mais entrevistas, maior o custo da pesquisa.

Por se tratar de um índice estatístico, calcular manualmente a margem de erro não é tarefa fácil. Para facilitar essa conta, nós desenvolvemos uma calculadora automática de margem de erro para você utilizar. Teste diferentes margens de erro e quantidades de entrevistas na calculadora. Assim você pode ter uma base para pensar com qual a margem de erro está disposto a trabalhar.

Entrega e análise dos resultados

Por fim, como você quer que seja a entrega final do seu projeto de pesquisa de mercado?

Empresas e institutos de pesquisa de mercado têm modelos de entrega diversos, e cada um deles influencia no preço total da pesquisa. Você pode optar, por exemplo, apenas pelo banco de dados da pesquisa. Ou pode contratar uma pesquisa que venha também com um relatório de análise das entrevistas coletadas.

Obviamente, quanto mais completa e complexa for a entrega, mais cara será a pesquisa no fim das contas. Nessa hora, porém, não pense apenas no preço. Se você tiver experiência e conhecimento para analisar um banco de dados, ótimo! Pode optar tranquilamente por esse formato. Se não se sentir seguro para analisar as respostas, porém, pense em investir um pouco mais e pagar por um relatório.

Pesquisa de mercado gratuita

A maioria das ferramentas online oferece pesquisas gratuitas para quem vai realizar entrevistas com os próprios contatos.

O plano Free do Opinion Box, por exemplo, permite até mil envios de e-mails por mês, todos os meses, para listas de email próprias.

Essa é uma ótima opção para realizar, por exemplo, pesquisas de satisfação periódicas com os seus clientes. Mesmo sem gastar nada é possível conseguir excelentes insights para o seu negócio.

Quer saber mais sobre essa opção? Cadastre-se gratuitamente para testar a plataforma!

Também poderá gostar de:

5 dramas vividos por quem faz pesquisa de mercado – e como não sofrer ... Fazer uma pesquisa de mercado pode estar ficando cada vez mais fácil, rápido e barato. Hoje, é possível realizar um estu...
5 situações terríveis que você pode evitar com uma pesquisa de mercado... O dia a dia de um negócio é marcado por inúmeras decisões difíceis de serem tomadas. Além disso, muitas vezes, os result...
AUTOR
Pedro D'Angelo

Pedro D'Angelo

É jornalista, mas decidiu aventurar-se com Marketing. Aqui no Opinion Box, cuida de Projetos e Relacionamento com o Cliente. Hiperativo e curioso por natureza, fala sobre qualquer assunto. Por isso, achou uma boa ideia sentar para escrever sobre eles.

Daniela Schermann
Receba nossas novidades por e-mail