Como fazer um plano de negócio e como a pesquisa vai te ajudar

Pedro D'Angelo
Como fazer um plano de negócio e como a pesquisa vai te ajudar

Planejamento é uma palavra de ordem quando falamos de todo e qualquer negócio. Para tirar qualquer ideia do papel, traçar um bom plano é o primeiro e mais importante passo. Nos negócios, o que marca o bom começo de qualquer empreendimento é o plano de negócio.

O plano de negócios serve como um guia com os objetivos e caminhos que serão percorridos por um empreendimento que ainda está para começar. Ele passa pela viabilidade do negócio, analisa o mercado, as estratégias e oportunidades existentes para a empresa que ainda vai surgir.

Aprenda então, de uma vez por todas, o que é um plano de negócio e por que você precisa fazê-lo para começar qualquer empreendimento. De quebra, aprenda passo a passo a elaborar um plano de negócio agora mesmo.

Afinal, o que é um plano de negócio?

O plano de negócio é um documento estruturado que descreve e registra os objetivos, estratégias e planos de uma empresa. Nele vão constar as informações básicas sobre o negócio, os primeiros passos e um plano de ação de curto a longo prazo.

O plano de negócio precisa de todas as informações básicas e legais da empresa, passando por todos os dados de registro do negócio e da marca. Mas é preciso ir além. Um plano de negócio completo trata também da estratégia por trás do negócio. Ele trata de onde se quer chegar e do caminho para chegar lá. As informações precisam ser consistentes, objetivas e com um propósito claro para o futuro do negócio.

E o que mais não pode faltar? Continue lendo e descubra com a gente. Vamos passar pelos itens do plano de negócio muito além das informações técnicas da empresa.

Como começar: objetivos e análise do mercado

Para começar, vamos entender o plano de negócio como um mapa. Ele vai servir de orientação do início ao fim da verdadeira viagem que é tirar uma ideia de negócio do papel.

Nessa etapa, as pesquisas de mercado serão grandes aliadas na elaboração do plano de negócio. Com uma pesquisa, como o próprio nome já diz, você pode obter informações importantíssimas sobre o mercado em que vai se inserir.

Elaborando essa primeira etapa do plano de negócio, faça uma pesquisa para avaliar o potencial do empreendimento. Com o seu público-alvo já definido e sempre em mente, faça uma pesquisa para validar o potencial de mercado da sua empresa. Existe uma necessidade real para que o negócio exista? Os consumidores precisam dos seus produtos e serviços? Qual seria a concorrência a ser enfrentada pelo seu negócio? 

Investigue a opinião do consumidor, faça um bom benchmarking e registre tudo no plano de negócio.

Recomendado para você:  Benchmarking: como fazer o monitoramento da concorrência

Plano de marketing, vendas e posicionamento

O plano de negócio também precisa conter as estratégias de divulgação, vendas e posicionamento da marca e de seus produtos.

Quando for elaborar um plano de negócio, tenha certeza de passar pela estratégia de marketing que será adotada. Como o produto será oferecido para o público? Qual é a linguagem, os canais e os melhores formatos para divulgar o que for comercializar? O plano de negócio precisa abordar a estratégia de marketing para já começar o posicionamento da marca no mercado. É imprescindível já saber como será feita a comunicação para o público-alvo.

Ao mesmo tempo, passe também pelo planejamento de vendas, que deve sempre acompanhar as ações e a estratégia de marketing. Não basta anunciar o produto, tem que saber como abordar o cliente e oferecer a ele as melhores formar de comprar o que está vendendo.

Mais uma vez, as pesquisas de mercado vão ajudar. Antes de mais nada, já falamos aqui no blog como o marketing é e sempre foi orientado por dados. Com essa característica já fica claro o porquê das pesquisas serem ótimas fontes para fazer um bom planejamento de marketing.

O posicionamento da marca também se beneficia das pesquisas pois é possível captar as impressões do consumidor perguntando diretamente a ele. Pesquisas de imagem da marca, inclusiva sobre a concorrência, podem ajudar muito nessa etapa. Procure investigar ainda os hábitos de consumo, de compra e os meios de pagamento preferidos do público para efetuar vendas mais facilmente.

Como fazer um plano de negócio e como a pesquisa vai te ajudar  

Operações e financeiro

Passada a parte de amadurecimento e estratégia, é hora de falar do operacional da empresa. Agora, é preciso ser mais prático para descrever no plano de negócio como a empresa vai funcionar. Qual será a localização, equipamentos, e o pessoal que fará o trabalho acontecer.

De forma preditiva, o empreendedor precisa também estimar a capacidade produtiva e pensar em equipes e nas suas tarefas. Tudo isso deve ser pensado para o melhor funcionamento da empresa desde seu início, mas também com planos a prazos mais longos.

Ao mesmo tempo, o plano de negócio precisa contar um planejamento financeiro bem feito. Estabelecidos os parâmetros da operação, como será empregado o dinheiro da empresa? Calcular e prever a gestão financeira é essencial para gastar do jeito certo, evitar surpresas desagradáveis e ajudar a garantir um futuro mais tranquilo para o negócio.

Esses itens de execução do plano de negócio precisam ser descritos o mais detalhadamente possível no plano de negócios. Cálculos e previsões erradas podem custar caro e, por isso, o planejamento deve ser muito cuidadoso.

Para finalizar: não abandone o plano!

Todo plano bem feito e que dá certo precisa de continuidade. É preciso continuar com o hábito de planejar o passo a passo da gestão da empresa, antes de mais nada. Também não abandone o plano inicial quando ele começa a dar certo.

Lembre-se sempre que o plano de negócio tem informações sobre os objetivos gerais da empresa, suas estratégias e posicionamento. Nada disso deve ser abandonado – no máximo esses dados podem ser revistos, atualizados e otimizados.

E quando estiver pronto para colocar no papel todas as ideias do plano de negócio, já sabe. Venha para o Opinion Box analisar o mercado, seu potencial, testar produtos e preços. Ah, também vamos ajudar a conhecer tudo sobre seu público-alvo e seus consumidores em potencial.

Cadastre-se gratuitamente e comece a fazer pesquisas de mercado agora mesmo!

Também poderá gostar de:

Pesquisa de recall de campanha publicitária: o que é, para que serve e... Aqui no blog nós já falamos de pesquisa para teste de campanha. Essas pesquisas de mercado têm como objetivo avaliar uma...
Pesquisa de mercado ou instinto: em que as pequenas e médias empresas ... Vou começar este post cometendo um erro que vai ajudar a deixar mais claro o ponto central que será tratado aqui. Vou af...
AUTOR
Pedro D'Angelo

Pedro D'Angelo

É jornalista, mas decidiu aventurar-se com Marketing. Aqui no Opinion Box, cuida de Projetos e Relacionamento com o Cliente. Hiperativo e curioso por natureza, fala sobre qualquer assunto. Por isso, achou uma boa ideia sentar para escrever sobre eles.

Daniela Schermann
Receba nossas novidades por e-mail