Planejamento de conteúdo: como fazer?

Planejamento de conteúdo: como fazer?

Atualmente, existem mais de 936 milhões de sites ativos no mundo, de acordo com a Internet Live Stats. Isso mesmo, você não leu errado: a quantidade de sites no mundo é equivalente a praticamente o triplo da população do Brasil.

Em decorrência disso, o tráfego nas páginas não para de crescer. Para que o seu negócio possa se destacar em meio a tantos conteúdos disponíveis, é imprescindível traçar uma estratégia de conteúdo.

Os números não mentem: de acordo com a Aberdeen, o crescimento anual do tráfego de um site original pode ser até 7,8x maior para aqueles que são referência em marketing de conteúdo em comparação com os outros.

O primeiro passo – e um dos mais importantes – para começar uma estratégia de marketing de conteúdo é um planejamento de conteúdo bem feito. Antes de tudo, é importante entender a fundo o conceito de marketing de conteúdo e seus benefícios.

O que é Marketing de Conteúdo?

O Marketing de Conteúdo é uma estratégia que tem como foco principal a criação, divulgação e distribuição de conteúdos relevantes para o público-alvo de um negócio.

O objetivo desses conteúdos é “educar” um potencial cliente (também conhecido como lead) para prepará-lo para um momento de compra.

Esses conteúdos são divididos em topo, meio e fundo de funil, sendo os conteúdos de topo mais generalizados sobre um determinado tema, e os conteúdo de fundo mais focados em abordar o produto ou serviço de um negócio, uma vez que o lead estará mais próximo de uma momento de compra quando atingir esse estágio do funil.

O Marketing de Conteúdo é dividido em 4 principais etapas: planejamento de conteúdo, criação de conteúdo, distribuição e análise dos resultados.

Marketing de Conteúdo: quais os benefícios?

Uma boa estratégia de marketing de conteúdo traz várias vantagens para um negócio. Confira as principais:

Aumento do tráfego no site

O primeiro efeito imediato da execução do planejamento de conteúdo é o aumento do número de visitas no site da empresa, uma vez que os conteúdos serão direcionados para lá. 

Além disso, pensando em médio e longo prazo, as visitas orgânicas na sua página também crescerão. Quando um conteúdo de alta qualidade é produzido, respeitando as regras de SEO, a tendência é que ele apareça entre as primeiras páginas do Google.

Por que isso é importante? De acordo a Content Trends de 2019, 80% dos usuários da internet utilizam o Google para procurar informações.

Estar com a sua marca presente nos primeiros resultados do Google, além de aumentar o seu tráfego orgânico, também representa uma porta de entrada para potenciais clientes.

Melhoria no relacionamento com o cliente

Planejar e produzir conteúdos relevantes para o seu público causa um estreitamento na relação com o cliente.

Uma vez que o seu cliente ou potencial cliente se identifique com o conteúdo que você produz e que seja realmente útil para ele, a relação entre marca e consumidor torna-se agradável.

Sendo assim, na primeira oportunidade em que essa pessoa precisar do seu produto ou serviço, ela se lembrará de você.

Aumento da percepção da marca

Com o aumento do tráfego no seu site e nas redes sociais, a percepção da sua marca também crescerá. 

Ao produzir conteúdos relevantes sobre a sua área de atuação, a sua marca será destaque entre o seu público, fazendo com que o seu negócio ganhe autoridade, destacando-se dos demais e tornando-se referência.

Além disso, ao compartilhar conteúdos e materiais ricos em suas redes sociais, os seguidores irão se engajar mais, pois a sua página não será mais somente uma forma de autopromoção e irá trazer informações relevantes e úteis para o seu público.

Planejamento de conteúdo: o que é?

Como dito anteriormente, o planejamento de conteúdo é a primeira etapa para a execução de uma estratégia de marketing de conteúdo. 

No planejamento de conteúdo, você definirá quais materiais serão produzidos e para qual etapa do funil serão voltados, prazos e a atribuição das atividades.

Esse planejamento será focado na persona do seu negócio, que é a representação fictícia de um cliente ideal. Logo, tudo que for planejado e produzido deve ser feito pensando nessa representação.

Como elaborar um planejamento de conteúdo

Agora que você já sabe a importância do marketing de conteúdo e o que é o planejamento de conteúdo, é hora de colocar a mão na massa.

Confira a seguir os principais fatores que devem ser levados em consideração ao planejar um conteúdo.

Planejamento de conteúdo: defina um objetivo claro

Além dos objetivos comuns de uma estratégia de marketing de conteúdo, na etapa do planejamento é importante definir os objetivos específicos para o seu negócio.

Quais são os seus principais objetivos ao distribuir os conteúdos? Por que você estará entregando esses materiais? Você deseja atingir um público específico ou aumentar a percepção da sua marca de uma maneira mais ampla?

Essas são algumas perguntas que devem ser respondidas antes de mais nada. Defina e analise as suas prioridades para, em seguida, traçar metas.

Entenda quem é a sua persona

Após definir o objetivo da sua estratégia de conteúdo, você deve estabelecer para quem irá se comunicar. Para isso, é muito importante a criação da persona.

Uma vez que você irá saber quais são os gostos e preferências da representação do seu cliente, será mais fácil definir os tipos de conteúdos e a linguagem que será utilizada neles.

Para isso, existem ferramentas online de criação de buyer persona que podem auxiliar você nesse processo. Antes de mais nada, estude o seu público existente e entenda os seus gostos.

Planejamento de conteúdo: estabeleça um cronograma com prazos viáveis 

O próximo passo é criar um cronograma com os conteúdos que serão produzidos e divulgados.

A parte mais importante dessa etapa é estabelecer um cronograma que tenha prazos viáveis para a sua equipe. Se a sua equipe for mais enxuta, não adianta colocar prazos inalcançáveis, afinal de contas, além de causar estresse nos colaboradores, existem grandes chances da qualidade dos conteúdos ser afetada.

Sendo assim, é melhor trabalhar com poucos conteúdos, mas que possam ser elaborados com um prazo maior, para que a qualidade seja boa.

Crie um cronograma de postagens com todos os detalhes de cada conteúdo que será feito e o prazo de entrega.

É importante ressaltar que não adianta criar dezenas de conteúdos por mês se eles não tiverem relevância e nem a qualidade almejada pelo seu público. Existem centenas de milhares de conteúdos irrelevantes espalhados pela internet, e o que fará com que os seus se destaquem entre eles é justamente a qualidade e comunicar-se com o público certo.

Entenda a jornada do seu cliente

A jornada do cliente é caracterizada por todas as etapas em que o seu cliente passa, desde o primeiro contato com a marca até o momento posterior às vendas.

Uma estratégia de marketing de conteúdo envolve todas as etapas da jornada do cliente. Ao fazer o planejamento de conteúdo, é importante definir para quais etapas serão direcionadas os diferentes conteúdos que serão produzidos.

Além disso, quando a jornada do cliente é bem mapeada, é mais fácil identificar os pontos de atenção, desafios e problemas do seu lead, para então traçar conteúdos estratégicos que preencherão essas lacunas.

Planejamento de conteúdo: foque em diversos canais de comunicação

É muito importante definir conteúdos diferentes para diferentes canais de comunicação. Isso tornará o seu alcance maior, pois as pessoas acessam conteúdos por diferentes meios.

Sendo assim, é importante não focar os conteúdos somente no blog, pois isso pode fazer com que você deixe de alcançar outros clientes em potencial.

Muitas pessoas preferem consumir conteúdos em formato de vídeo, logo, é uma possibilidade optar por explorar esse canal de comunicação também.

O importante é que esses conteúdos cheguem para o maior número de pessoas que tenham algum tipo de relação com a proposta do seu negócio.

Produza diferentes formatos de conteúdos

Complementando o tópico anterior, para que os seus conteúdos estejam disponíveis em diferentes canais de comunicação, eles devem ter formatos diferentes.

Os principais formatos de conteúdo são

  • E-mail marketing;
  • Ebooks;
  • Infográficos;
  • Vídeos;
  • Redes sociais;
  • Blogposts.

Lembrando que a linguagem deve ser adaptada para esses diferentes formatos de conteúdo. Por exemplo, os ebooks geralmente têm uma linguagem mais formal, diferentemente das redes sociais, que costumam ter um tom de linguagem mais leve.

Faça uma pesquisa de mercado

Os dados de uma pesquisa de mercado são muito relevantes no momento de planejamento de conteúdo para o seu negócio.

Isso porque você terá a oportunidade de fazer perguntas estratégicas para o seu público-alvo, como conteúdos de preferência, ou até conteúdos que os seus potenciais clientes não consideram relevantes.

Recomendado para você:  5 perguntas para desvendar o comportamento do usuário

A partir disso, você poderá mapear as prioridades de conteúdos e produzirá materiais com informações relevantes ao seu público ou ao público que você pretende atingir.

Na Plataforma de Pesquisa do Opinion Box é possível fazer pesquisas de mercado utilizando o nosso painel de consumidores, que auxiliarão você a tomar decisões para o seu negócio baseando-se em dados.

Conclusão

O planejamento de conteúdo é uma das etapas mais importantes para a sua estratégia de conteúdo. Logo, ele deve ser feito com cautela para evitar erros.

Além disso, é essencial atentar-se ao perfil da sua persona e do seu público-alvo, para não correr o risco de entregar conteúdos irrelevantes para os seus potenciais clientes. Os conteúdos devem ser assertivos, caso contrário, toda a estratégia será feita em vão.

Por fim, atente-se em estabelecer cronogramas com prazos viáveis, para que isso não afete a qualidade dos seus conteúdos.

Também poderá gostar de:

AUTOR

Danielle Salgado

Publicitária, fotógrafa e a louca dos gatos. Apaixonada por Marketing, adora descobrir coisas novas e falar sobre elas. Tem o sonho de viajar pelo mundo.