Como definir o público da sua pesquisa de mercado online – passo a passo

Pedro D'Angelo
Como definir o público da sua pesquisa de mercado online   passo a passo

Para que a sua pesquisa de mercado tenha sucesso, o planejamento de cada uma das etapas deve ser elaborado com muito cuidado. Além de criar um questionário com perguntas concisas, claras e focadas em um objetivo, é muito importante também que você tenha certeza de como definir o público da sua pesquisa de mercado.

Focando nas pesquisas de mercado online, definir o público não é difícil, mas requer cuidados. Existem várias formas de entrevistar o seu público-alvo e uma escolha errada pode inviabilizar sua pesquisa. Para acertar em cheio, veja um passo a passo completo sobre o tema.

Siga as etapas abaixo para ter certeza de que vai coletar as entrevistas de quem importa de verdade para o objetivo do seu estudo.

Como definir público da pesquisa de mercado: passo a passo

1. Relação com o objetivo da pesquisa

O primeiro passo de qualquer decisão é relacioná-la ao objetivo do seu projeto. No caso da pesquisa de mercado, todo estudo deve ter um objetivo claro. É em torno dele que será criado o questionário de pesquisa e, em paralelo, definido o público.

Antes de pensar em como definir o público da pesquisa, certifique-se então de ter um objetivo claro e bem definido. Qual é a pergunta central que sua pesquisa deve responder?

Alinhe o objetivo da pesquisa com as perguntas que irão para o questionário e, claro, tendo em mente as pessoas que vão responder a elas.

2. Seus próprios contatos x Painel de Consumidores

Uma questão central na hora de definir o público é entender se a pesquisa deve ir para seus contatos ou se é melhor contratar entrevistas.

A resposta para essa escolha vai depender do tipo de pesquisa. 

Alguns questionários serão exclusivos para contatos que você já tem, como as pesquisas de satisfação. Como essas pesquisas vão para clientes, não resta dúvidas.

Pesquisas que pedem para avaliar outros aspectos de um negócio, estratégia ou produto já precisam ser pensadas de forma diferente. Imagine, por exemplo, que você vai testar a aceitação de um produto novo no mercado. Caso realize uma pesquisa com conhecidos seus, pode ser que eles avaliem de forma enviesada, com base no que já pensam sobre você. Assim, podem dar opiniões muito positivas apenas por te conhecerem e, na hora de lançar o produto no mercado, os consumidores reais podem discordar.

Já um Painel de Respondentes oferece consumidores neutros, que não tem envolvimento prévio com você e seu negócio. Por isso, se quiser avaliações honestas de pontos que precisam refletir a ideia do seu consumidor, contratar entrevistados deve ser a melhor opção.

Quando usar o painel de Consumidores Opinion Box

No Opinion Box, nós disponibilizamos um painel com mais de 150 mil consumidores de diferentes perfis todo o Brasil prontos para responder às suas pesquisas. Por lá é possível enviar questionários com diversas opções de filtros como localização, faixa etária e classe social para que você fale com quem realmente te interessa.

O painel de respondentes é uma ótima opção para fazer de desenvolvimento de produtos (testes de conceito, escolha do nome, teste de embalagens etc) com consumidores potenciais. Ele também é uma poderosa ferramenta para compreender os comportamentos, hábitos, preferências e opiniões do seu público.

Conheça o Painel do Opinion Box aqui!

3. Forma de disparo da pesquisa

Continuando o passo anterior, vamos pensar em como o questionário da pesquisa vai chegar até o respondente.

Caso tenha escolhido mandar a pesquisa para seus próprios contatos, você terá uma outra decisão a tomar. Sua pesquisa será enviada por e-mail ou um compartilhada por um link único? Se optar por contratar respondentes neutros, independente do perfil deles, o padrão é que o disparo seja feito por e-mail.

Na Plataforma de Pesquisa do Opinion Box, você definirá, na ordem, se a pesquisa será feita com seus contatos ou Painel; em seguida, escolherá a opção de link ou envio por e-mail.

Para fazer a escolha certa, você vai precisar saber a forma mais segura de o seu público acessar o questionário. Nesse momento, é importante ter em mente alguns pontos:

Um link pode ser enviado por SMS, pelo Whatsapp ou compartilhado em sites, blogs e redes sociais. Dessa forma, você poderá obter respostas de qualquer pessoa com acesso à URL. Isso quer dizer que você terá menos controle sobre quem responde à sua pesquisa. Além disso, não há como impedir a mesma pessoa de responder à pesquisa mais de uma vez.

Quando enviado por e-mail, o questionário será respondido unicamente para quem recebeu o convite da pesquisa na caixa de entrada. É o que acontece na Plataforma de Pesquisa do Opinion Box, por exemplo. Dessa forma se tem maior controle sobre o público e garantia de que as pessoas certas respondem. Uma desvantagem, porém, é que o convite pode ser facilmente ignorado e a sua taxa de respostas pode ser baixa.

Em linhas gerais, a imagem abaixo explica o fluxo de definição da coleta de acordo com o seu público na Plataforma do Opinion Box:

Como definir o público da sua pesquisa de mercado online   passo a passo

4. Filtros do questionário

Outro ponto fundamental é considerar todo tipo de filtro na hora de definir o público da pesquisa. Filtros são usados para caracterizar o público-alvo da sua pesquisa e simbolizam todos os critérios que o respondente deve atender para estar apto a responder uma pesquisa.

Se quiser realizar uma pesquisa sobre mercado de produtos infantis, por exemplo, você precisa de filtros que direcionem a pesquisa apenas para pais e mães. Por isso, na hora de disparar uma pesquisa ou cotar um estudo com uma empresa.

Novamente, os filtros devem ser determinados de acordo com o objetivo da pesquisa e com as perguntas do questionário. Liste todos os critérios que devem ser atendidos pelos respondentes, transforme-os em perguntas e defina, de uma vez por todas, quem é o público ideal do seu estudo.

Os filtros mais comuns e fáceis de se aplicar são os sociodemográficos. Isso quer dizer que definir o público da pesquisa fica muito mais fácil quando você precisa separar os respondentes apenas por sexo, faixa etária, classe social ou local onde moram.

Além disso, porém, algumas pesquisas podem requerer filtros comportamentais, de preferência, de hábitos e costumes. É o caso de pesquisas que devem falar apenas com pessoas que compram determinados produtos, têm certos hábitos ou detém o poder de decisão sobre as compras da casa.

Exemplos de filtros comuns:

Se você quer abrir um pet shop, por exemplo, só deverá falar com homens e mulheres donos de pets e que sejam responsáveis pelas compras de produtos voltados para os animais.

Para fazer uma pesquisa sobre um novo aplicativo, entreviste apenas usuários de smartphones.

Caso seu produto seja voltado apenas para mulheres, tenha certeza de que nenhum homem responda ao questionário.

Seguindo essas regras e exemplos, fica mais fácil entender exatamente com quem você deve falar na sua pesquisa de mercado. Para aprender a dar os próximos passos e ter uma visão completa de como fazer pesquisas de mercado, não deixe de baixar o nosso Guia de Pesquisa de Mercado Online. É só clicar no banner abaixo!

E se tiver dúvidas sobre públicos de pesquisa e como criar o seu, não deixe de falar com a gente. É só entrar em contato aqui!

Também poderá gostar de:

Quando você NÃO deve fazer pesquisas de mercado Nós já falamos aqui no blog porque sua empresa deve fazer pesquisas de marketing e demos dicas do que você precisa saber...
Como criar um questionário de pesquisa infalível Seja em uma pesquisa por email, por link ou em um painel de respondentes, é muito importante ter atenção na hora de elab...
AUTOR
Pedro D'Angelo

Pedro D'Angelo

É jornalista, mas decidiu aventurar-se com Marketing. Hiperativo e curioso por natureza, fala sobre qualquer assunto. Por isso, achou uma boa ideia sentar para escrever sobre eles.