Pesquisa Opinion Box e LinkedIn: LGBT+ no mercado de trabalho Brasileiro

Pedro D'Angelo
Pesquisa Opinion Box e LinkedIn: LGBT+ no mercado de trabalho Brasileiro

O momento atual do mercado de trabalho pede discussões sobre respeito, inclusão e diversidade nas empresas. Pautas como a igualdade de gênero, o combate à discriminação racial e de outras minorias são trazidas até o mercado de trabalho e já fazem parte da cultura organizacional de muitas empresas. Mas e na prática, como as minorias se sentem dentro do mercado de trabalho e como as empresas agem para dar o devido apoio a elas?

Para traçar um panorama das opiniões e experiências da população LGBT+ no mercado de trabalho, bem como da população em geral, o LinkedIn encomendou uma pesquisa exclusiva sobre o tema. O estudo faz parte da campanha #ProudAtWork, promovida pelo LinkedIn para debater sobre o tema.

Por meio do nosso Painel de Consumidores, mais de mil profissionais brasileiros responderam ao questionário. Os principais resultados você pode conferir a seguir:

LGBT+ no mercado de trabalho Brasileiro: principais insights

O objetivo da pesquisa foi buscar entendimento sobre questões a respeito de profissionais LGBT+ no mercado de trabalho. Para isso, coletamos entrevistas com a percepção do próprio grupo e de pessoas heterossexuais.

Os resultados apontam de cara que, se por um lado, metade (50%) dos entrevistados LGBT+ disse já ter assumido totalmente a colegas de trabalho sua orientação ou identidade de gênero, por outro, um em cada quatro (25%) nunca contou a ninguém. E o motivo por trás dessa decisão é justamente o medo de sofrer represália para 22% destes.

O estudo encomendado pelo LinkedIn traça um perfil dos dois grupos de respondentes, com informações socioeconômicas e profissionais, além de perguntas sobre o sexo biológico, gênero e orientação sexual.

A pesquisa traz ainda a visão de trabalhadores LGBT+ sobre discriminação pelos colegas de profissão e sobre como os empregadores abordam o apoio à diversidade em suas empresas. Em paralelo, também coletamos dados sobre como os entrevistados que se identificaram como heterossexuais entendem o apoio à igualdade e a pessoas LGBT+ no ambiente de trabalho.

Alguns resultados que o estudo destaca sobre LGBT+ no mercado de trabalho, discriminação e o apoio das empresas:

Preconceito e discriminação

35% dos entrevistados LGBT+ afirmaram ter sofrido algum tipo de discriminação, seja ela velada ou direta. A maior parte da discriminação foi feita diretamente por colegas. Cerca de 12% dos entrevistados que sofreram preconceito ainda afirmaram que foram vítimas de gestores da empresa onde trabalham.

Já entre os heterossexuais, 33% disseram já ter presenciado algum tipo de discriminação com colegas LGBT+ no ambiente de trabalho.

Sentimento dos profissionais

Quando perguntados sobre como se sentiam perante seus colegas em relação a sua orientação sexual ou identidade de gênero, 23% dos profissionais LGBT+ afirmou sentir respeito e 15%, igualdade. Outros sentimentos entre os LGBT+ no mercado de trabalho estão insegurança (6%), companheirismo (também com 6%), curiosidade (5%), desconfiança (4%) e desrespeito (4%). No geral, quase 60% dos sentimentos citados eram positivos, incluindo ainda sentimentos como empatia (3%), orgulho (3%), solidariedade (2%) e carinho (2%).

Importância da diversidade nas empresas

Para 82% dos entrevistados LGBT+, ainda falta muito para que as empresas os acolham melhor. Somente 1 em cada 2 LGBT+ disse se sentir acolhido na empresa onde trabalha ou trabalhou, enquanto 38% dos heterossexuais afirmou que dentro da empresa as pessoas LGBT+ se sentem acolhidas.

A diferença entre visões fica mais nítida ainda quando os entrevistados são perguntados se as pessoas que trabalham ao redor deveriam receber mais atenção da empresa. Metade (50%) dos respondentes LGBT+ concordou com a afirmação, enquanto apenas 27% dos heterossexuais concordou.

O relatório completo, elaborado pelo LinkedIn a partir dos dados coletados pelo Opinion Box, está disponível neste link. Clique para ler na íntegra.

Sobre a pesquisa

A pesquisa Proud At Work foi aplicada de forma online a homens e mulheres com mais de 18 anos de todos os estados brasileiros. Foram entrevistados 1.088 profissionais brasileiros, cadastrados no Painel de Consumidores do Opinion Box, representando a distribuição de internautas brasileiros de acordo com critérios de idade, sexo e classe social.

Quer realizar suas próprias pesquisas de mercado?

O Opinion Box desenvolve soluções digitais inovadoras para pesquisas de mercado e customer experience. Nossa missão é tornar a pesquisa acessível a todos, seja um consultor de marketing, um acadêmico, um empreendedor ou um executivo de uma grande corporação. Ajudamos empresas e pessoas a tomar decisões com segurança, sempre baseadas em informações. Precisa fazer uma pesquisa de mercado online?

Entre em contato com nosso time de Especialistas em Pesquisa. Estamos prontos para te ajudar a crescer, vender mais e conhecer melhor os consumidores. É só clicar aqui ou no banner abaixo para conversarmos!

Também poderá gostar de:

Pesquisa sobre smartphones: a relação dos pais e das crianças com smar... Crianças com um smartphone na mão são cada vez mais comuns. Desde muito jovens, as crianças já estão se acostumando com ...
Pesquisa comércio móvel no Brasil: quinta edição do Panorama Mobile Ti... A cada seis meses, o Opinion Box e o Mobile Time realizam o Panorama Mobile Time/Opinion Box: Pesquisa Comércio Móvel no...
AUTOR
Pedro D'Angelo

Pedro D'Angelo

É jornalista, mas decidiu aventurar-se com Marketing. Hiperativo e curioso por natureza, fala sobre qualquer assunto. Por isso, achou uma boa ideia sentar para escrever sobre eles.