O que é roadmap de produto e como fazer seu roteiro passo a passo

Pedro D'Angelo
O que é roadmap de produto e como fazer seu roteiro passo a passo

Nenhum profissional, em nenhuma empresa, deve trabalhar às cegas. Não importa quais são os objetivos da sua área ou do seu negócio, o mais seguro é sempre traçar o caminho que precisar seguir. É por esse motivo que existe o roadmap de produto.

O roadmap de produto é uma ferramenta importante não só para a equipe que lida, obviamente, com o desenvolvimento de produtos. Desde o lançamento de novos produtos até projetos internos e melhorias nos serviços podem se aproveitar desse método.

Sem mais delongas, veja agora o que é o roadmap de produto e como fazer o seu na prática!

O que é um roadmap de produto?

Um roadmap de produto é um roteiro que mapeia a evolução do seu produto ao longo do tempo. Além de um simples documento, o apelo do roadmap é visual, facilitando que você enxergue o caminho a seguir mais facilmente e de forma dinâmica.

O roadmap serve como um guia para as equipes planejarem tarefas e executarem as estratégias. Esse roteiro marca onde está a sua empresa hoje, qual é o seu objetivo para o futuro e o registra o caminho a percorrer para chegar lá.

Os roadmaps são criados pelos líderes de produto, product owners ou até ou gerentes de projetos e negócios. O objetivo, não importa quem o faça, é comunicar estratégias, ferramentas e iniciativas de produtos para todas as partes interessadas.

Basicamente, o roadmap é um documento que manterá o desenvolvimento de um produto centralizado, as ações no caminho certo e garantirá que todos os envolvidos no processo estejam na mesma página.

Para que serve roadmap de produto?

O roadmap de produto é uma ferramenta essencial de organização, antes de mais nada.

É com a ajuda desse documento que você conseguirá coordenar mais facilmente o processo de desenvolvimento de produtos. Na prática, o roadmap garante que as tarefas diárias do dia-a-dia estejam bem alinhadas e acabem fluindo melhor para alcançar seus objetivos de negócios..

Por isso, para deixar claro para que serve o roadmap de produto, lembre-se que eles serão usados para:

  • Priorizar e hierarquizar as suas tarefas;
  • Acompanhar o progresso do trabalho;
  • Coordenar atividades entre diferentes pessoas e equipes;
  • Facilitar o entendimento dentro das equipes;
  • Criar transparência, tanto interna quanto externamente;

Por esses e outros motivos, o roadmap de produto pode contribuir muito para negócios em desenvolvimento. Quando alinhado com as estratégias de marketing e uma abordagem correta de vendas, por exemplo, o roadmap é uma fonte de informação poderosa para alavancar os resultados de qualquer negócio.

Como fazer um roadmap de produto – passo a passo

O melhor jeito de percorrer um caminho é saber onde se quer chegar. O roadmap, então, começa com o objetivo. 

O seu objetivo nunca deve ser simplesmente colocar um novo produto no mercado ou abrir uma empresa. Como o próprio termo já conta, precisamos de mais objetividade para definir suas metas.

Na hora de tirar o roadmap do papel, já tenha em mente objetivos detalhados do que você espera alcançar. Os resultados esperados, de forma mais específica, são um bom começo, assim como o público que será impactado. E falando no público, siga para o próximo passo!

Para quem é o roadmap?

Antes de entrar no estágio de criação do documento em si, é necessário descobrir dois detalhes principais: para quem você está criando esse roteiro e a que distância você quer planejar o futuro.

O conteúdo e a apresentação do seu roteiro devem ser adaptados ao seu público. Por isso, defina bem os stakeholders desse projeto, pois diferentes públicos terão necessidades distintas. Áreas próximas ao produto e envolvidas na operacionalização precisam de detalhamento das suas participações e do que é esperado delas. Já investidores e conselheiros, porém, vão requerer maior detalhamento de custos e uma visão de prazo mais longo, por exemplo.

Período de tempo do roadmap de produto

O tempo, na criação do roadmap de produto, segue a mesma lógica de um planejamento estratégico.

É importante criar o seu roteiro com um período de tempo definido e razoável para a execução.

Esse tempo deve ser longo o bastante para garantir que o desenvolvimento do produto vai acontecer, mas curto o suficiente para que seja possível projetar prazos mais precisos. Caso não tenha uma imagem clara do seu período ideal, considere os prazos mais comuns para estabelecer ações em um roadmap: mês, trimestre e ano, por exemplo.

Como montar o roadmap

Agora é hora de colocar as ideias no papel – vamos montar o roadmap de produto.

Lembre-se sempre que esse roteiro tem um apelo visual, então pense em uma forma de organizar a informação para que ela continue clara e acessível para todos os envolvidos.

O modelo mais simples do roadmap é criar barras horizontais com as ações e distribuí-las em uma linha do tempo vertical. Assim, ficará claro o que acontece ao longo de cada período e ações simultâneas, por exemplo.

Essas ações, no roadmap, precisam ser detalhadas em práticas, tempo gasto, envolvidos e quaisquer outras informações relevantes. Caso não tenha facilidade para visualizar um modelo por conta própria, busque templates gratuitos na internet e certamente você encontrará inspiração para desenhar seu roadmap.

Como validar as estratégias do roadmap

Além de traçar metas e desenhar o seu plano no formato de um roadmap, você vai precisar validar tudo por trás do seu produto.

De nada adiantaria ter um bom roteiro e segui-lo se, no fim das contas, o produto fracassará com o cliente final. Por isso, em paralelo à criação do seu roadmap de produto, pesquise o bastante para validar cada estratégia e conceito antes de lançá-lo de vez.

Pesquisas de teste de produto existem para validar novas ideias antes de colocá-las à prova no mercado. Além disso, esse tipo de questionário de pesquisa também pode avaliar um produto ou serviço que já está no mercado. Você pode encontrar melhorias, identificar os diferenciais em relação à concorrência e outros atributos de valor.

Além de fazer um teste do produto, você pode fazer uma pesquisa de elasticidade de preço e descobrir quanto as pessoas pagariam pela mercadoria, ou um teste de conceito para entender a percepção sobre as funcionalidades que constam no seu roadmap. Dessa forma, você pode entender se toda a estratégia de negócio é viável e definir estratégias de precificação e promoção, por exemplo.

Para se aprofundar nesse tema, não deixe de ler e aprender mais sobre pesquisas de testes de produto.

Você ainda pode baixar, gratuitamente, nosso ebook que ensina o passo a passo para criar produtos que realmente dão certo. É só clicar no banner abaixo.

Também poderá gostar de:

AUTOR
Pedro D'Angelo

Pedro D'Angelo

É jornalista, mas decidiu aventurar-se com Marketing. Hiperativo e curioso por natureza, fala sobre qualquer assunto. Por isso, achou uma boa ideia sentar para escrever sobre eles.