Senhas e biometria no smartphones: pesquisa exclusiva Opinion Box e Mobile Time

Pedro D'Angelo
Senhas e biometria no smartphones: pesquisa exclusiva Opinion Box e Mobile Time

Que tipo de método você utiliza para desbloquear a tela do seu smartphone?

Como os smartphones estão reunindo cada vez mais dados e informações pessoais, é natural que os usuários façam de tudo para protegê-los. Para entender como os brasileiros fazem isso, nos unimos novamente ao Mobile Time para pesquisar as medidas de segurança mais utilizadas.

Lançamos agora, com exclusividade, a segunda pesquisa do Panorama Mobile Time/Opinion Box sobre senhas e biometria para smartphones. Confira alguns dos destaques e baixe o relatório na íntegra no final do post.

Relação do brasileiro com senhas e novas formas de autenticação

Em apenas um ano, comparado com a edição anterior da pesquisa sobre senhas e biometria nos smartphones, houve um aumento considerável do uso da biometria em detrimento de senhas para o desbloqueio da tela. Um ano atrás, o meio mais usado pelo brasileiro para essa finalidade era o desenho de uma senha (35%).

Agora, apenas 24% dos donos de smartphone desbloqueiam seu aparelho desta forma. No mesmo intervalo, a proporção dos que usam uma senha numérica caiu de 20% para 14%. Enquanto isso, por outro lado, a leitura da  digital para desbloquear o smartphone deu um salto, passando de 27% para 43%. Esta agora é a maneira mais popular de  autenticação ao telefone móvel nacional. Merece destaque também o crescimento de reconhecimento facial, utilizado para desbloqueio do smartphone de 5% dos brasileiros – um ano atrás eram 1%.

Vale destacar que 13% dos entrevistados declaram que não bloqueiam o celular. Além do smartphone em si, a biometria tem sido adotada  para a autenticação em diversos aplicativos móveis, desde carteiras digitais até redes sociais e plataformas de mensageria, passando por bancos e companhias aéreas.

Em um ano, subiu de 38% para 45% a proporção de brasileiros com smartphone que já experimentaram a leitura de digital como meio de autenticação em algum aplicativo móvel.

A proporção que já usou reconhecimento facial, por sua vez, passou de 11% para 17%. O reconhecimento de voz e o escaneamento de íris se mantiveram estáveis dentro da margem de erro – vale lembrar que são poucos os aparelhos dotados de sensores capazes de realizar a leitura de íris.

Dados completos da pesquisa sobre senhas e biometria para smartphones

Para baixar os dados completos, é só clicar aqui. Para conferir também as outras pesquisas, visite a página do Panorama Mobile Time/Opinion Box clicando no banner abaixo. Lá você pode baixar este e todos os outros materiais da parceria entre o Mobile Time e o Opinion Box.

Também poderá gostar de:

Estratégias de marketing digital: Pesquisa Opinion Box e Digitalks Quem trabalha com Marketing Digital, sabe que a todo momento novas ferramentas e estratégias surgem para tornar as ações...
Opinion Box e SouBH: case de pesquisa de mercado para portal de notíci... Quando você lê uma notícia, uma matéria jornalística, para onde seu olho vai primeiro? Vou confessar que, correndo o olh...
AUTOR
Pedro D'Angelo

Pedro D'Angelo

É jornalista, mas decidiu aventurar-se com Marketing. Hiperativo e curioso por natureza, fala sobre qualquer assunto. Por isso, achou uma boa ideia sentar para escrever sobre eles.