Pirâmide de Maslow: o que é e por que você precisa conhecê-la

Daniela Schermann
Pirâmide de Maslow: o que é e por que você precisa conhecê la

A Pirâmide de Maslow, também conhecida como Teoria das Necessidades Humanas, foi desenvolvida pelo psicólogo norte-americano Abraham Maslow (1908-1970) para separar, de forma hierárquica, as diferentes necessidades que os seres humanos têm.

Entender o comportamento do consumidor é um grande desafio para marcas e empresas. Existem diversas formas, conceitos, técnicas e ferramentas para ajudar os profissionais nessa difícil tarefa. E talvez a mais primordial delas seja a Pirâmide de Maslow.

A seguir vamos explicar o que é a Pirâmide de Maslow, como funciona e como você pode aplicá-la para entender o comportamento do consumidor em profundidade.

Quem foi Abraham Maslow

A Teoria das Necessidades foi desenvolvida pelo psicólogo norte-americano Abraham Maslow. Ele nasceu no início do século passado, em 1908, e faleceu em 1970. No campo da psicologia, dedicou-se à psicologia humanista. E foi dentro desses estudos que Maslow criou a sua famosa Pirâmide.

O que é a Pirâmide de Maslow

A Pirâmide de Maslow, também conhecida como Teoria das Necessidades Humanas, organiza de formas hierárquicas as necessidades humanas.

Pirâmide de Maslow: o que é e por que você precisa conhecê la

Na base da pirâmide estão as necessidades mais urgentes, relacionadas às nossas necessidades fisiológicas. Já no topo, estão as realizações pessoais. Ou seja, de acordo com Maslow, as pessoas só perseguirão suas realizações pessoais depois de resolver as necessidades relacionadas à fisiologia, segurança, amor/relacionamento e estima.

A importância da Pirâmide de Maslow

Ainda que tenha nascido como um campo de estudo da psicologia, a Pirâmide de Maslow é muito importante para os profissionais de marketing, RH e empreendedores em geral.

Ao entender as motivações humanas, é possível entender tanto o que motiva os seus colaboradores quanto os seus consumidores.

Pirâmide de Maslow e o comportamento do consumidor

Qual necessidade a sua marca busca resolver? Se uma empresa oferece produtos que satisfazem as necessidades da base da Pirâmide de Maslow, a comunicação, os canais de venda e as estratégias de promoção serão diferentes de uma empresa que oferece produtos para realização pessoal.

Em outras palavras, você não vai vender um apartamento da mesma forma que vende uma jóia. Ao pensar em apartamentos e jóias, fica fácil entender. Mas vamos fazer um novo exercício: como um restaurante deve se posicionar e vender suas comidas?

Comer é uma necessidade fisiológica fundamental. Mas os restaurantes também têm importante papel nas necessidades sociais. Se você conhece o seu consumidor, fica mais fácil entender onde o seu produto está posicionado na Pirâmide de Maslow.

Um restaurante self-service de comida caseira localizado em uma região de escritórios normalmente é procurado por profissionais que precisam se alimentar rapidamente para voltar ao trabalho. Já um restaurante francês com um chef renomado pode ser ponto de encontro de casais e amigos.

O self-service pode destacar os pratos do dia e a dieta balanceada. Já o restaurante francês vai ressaltar ambiente e outras qualidades.

Ao lançar um novo produto ou pensar sua estratégia de marketing, é importante entender onde seu produto se posiciona na Pirâmide. Dessa forma, você vai entender as motivações por trás da decisão de compra.

Pirâmide de Maslow: o que é e por que você precisa conhecê la

Pirâmide de Maslow e a motivação dos colaboradores

Manter os funcionários engajados é um desafio tão grande quanto entender o comportamento do consumidor. E a Pirâmide de Maslow também pode ajudá-lo nessa tarefa.

Se o departamento de RH da sua empresa está procurando formas de engajar e motivar os funcionários, é preciso pensar suas ações de forma a satisfazer as necessidades de acordo com a hierarquia das motivações.

Todos seus colaboradores precisam ter onde dormir e o que comer. No entanto, ninguém se sente motivado e feliz trabalhando apenas para isso. O primeiro benefício que a maioria das empresas oferece é o plano de saúde, que está diretamente relacionado às necessidades de segurança

Se a sua empresa quer ir além do vale-refeição e do plano de saúde, é possível pensar em formas de deixar o ambiente de trabalho mais confortável, seguro e agradável.

Além disso, pode-se promover ações que valorizem as necessidades sociais, como eventos e happy hours, necessidades de auto-estima, como feedbacks e avaliações de desempenho e, por fim, necessidades de autorrealização e crescimento, como incentivo a cursos e palestras, plano de carreira, premiações etc.

As políticas da empresa não precisam necessariamente seguir a hierarquia da Pirâmide de Maslow, mas ela ajuda a validar se as ações estão sendo implantadas corretamente.

Por exemplo, se a sua empresa já promove uma ação social de engajamento entre os funcionários, ao invés de investir em outro tipo de festa ou comemoração, talvez valha a pena direcionar esses recursos para uma melhoria no ambiente da empresa, como uma sala de descanso ou um refeitório.

Críticas à Pirâmide de Maslow

É importante destacar que esta teoria foi desenvolvida na década de 50. De lá para cá, muitos estudiosos já questionaram a Pirâmide de Maslow, e vários outros argumentam que as necessidades mudaram junto com as sociedades.

Ainda que não seja perfeita, a Pirâmide de Maslow funciona como uma excelente reflexão de como os consumidores tomam decisões e de como as marcas devem se posicionar diante das necessidades dos indivíduos.

Quero conhecer meus colaboradores e meus consumidores

Uma excelente forma de conhecer seus colaboradores e consumidores é conversando diretamente com eles. Faça uma pesquisa de mercado e ouça a opinião do seu time e dos seus clientes.

No Opinion Box, nós temos diversos modelos de questionário para você criar a sua pesquisa. Além disso, temos um Painel com mais de 150 mil consumidores prontos para responder às suas perguntas. Quer saber mais? Acesse o site do Opinion Box e tire suas dúvidas através do nosso chat online.

Também poderá gostar de:

Estratégia de marketing: como alcançar seus objetivos de marketing A estratégia de marketing é fundamental para quem quer ter sucesso em suas ações de marketing. Você vai ver como definir...
Conheça o Net Emotional Score: como compreender o processo de decisão ... Net Emotional Score (NES) é o índice que mede a parte irracional da experiência do consumidor. Ou seja, mede os sentimen...
AUTOR
Daniela Schermann

Daniela Schermann

Jornalista e Líder de Marketing do Opinion Box, é especialista em Inbound Marketing e entende tudo sobre pesquisa e comportamento do consumidor. Prefere ser chamada só de Dani e está sempre aprendendo alguma coisa nova.

Daniela Schermann
Receba nossas novidades por e-mail