Roubo de celulares no Brasil: dados exclusivos sobre smartphones e segurança

Pedro D'Angelo
Roubo de celulares no Brasil: dados exclusivos sobre smartphones e segurança

Vamos começar este artigo com um dado alarmante sobre o mercado mobile e segurança: 47% dos internautas brasileiros já tiveram um celular roubado. E essa é só uma das descobertas que descobrimos em mais uma edição da pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box: Roubo de celulares no Brasil.

Principais insights da pesquisa sobre roubo de celulares no Brasil

Além do dado sobre quantos internautas já foram roubados/furtados, descobrimos que para 38% isso já aconteceu mais de uma vez. Pior ainda: 11% dos entrevistados perdeu o celular 3 ou mais vezes.

O alto índice de roubo (62%), contra 38% de furtos, faz com que os brasileiros se preocupem mais com sua segurança.

84% declaram que evitam atender a uma chamada quando estão na rua. Destes, 33% afirmam que tomam esse cuidado em qualquer rua, enquanto 51% dizem que “depende da rua”. Apenas 16% garantem que sempre atendem seu telefone em qualquer lugar.

Essa preocupação com segurança é maior entre as mulheres. 88% delas evitam atender chamadas quando estão na rua (42% em qualquer rua e 46%, dependendo da rua). Enquanto isso, entre os homens, a atitude vale para 78% deles (22% em todas as ruas e 56%, em algumas delas). Como era de se esperar, o medo é maior entre os brasileiros que já tiveram um smartphone roubado ou furtado alguma vez na vida: 87% destes evitam atender chamadas quando estão na rua; contra 81% daqueles que nunca foram vítima.

Apesar da preocupação, somente 15% dos internautas brasileiros com smartphone possuem seguro contra roubo ou furto do aparelho, o que indica um grande potencial de crescimento na oferta desse serviço. A proporção de segurados é maior entre aqueles que já foram vítimas (19%), do que entre aqueles que nunca tiveram um celular roubado/ furtado (12%).

Sobre a pesquisa

O Panorama Mobile Time/Opinion Box – Roubo de celulares no Brasil é uma pesquisa realizada por uma parceria entre o portal Mobile Time e o Opinion Box. Foram entrevistados 2.532 brasileiros que acessam a Internet e possuem smartphone, respeitando as proporções de gênero, idade, faixa de renda e distribuição geográfica desse grupo. As entrevistas foram feitas em junho de 2019. A margem de erro é de 2.1 pontos percentuais. o grau de confiança é de 95%.

Para entender mais a fundo os números por trás de um dos crimes mais comuns do país, baixe gratuitamente o relatório Panorama Mobile Time/Opinion Box: Roubo de celulares. Você vai receber os dados completos da pesquisa com as análises do Fernando Paiva, editor do Mobile Time e especialista na cobertura do mercado de telecomunicações e conteúdo móvel.

Também poderá gostar de:

Panorama Opinion Box e Mobile Time: WhatsApp continua soberano e conq... O fenômeno que se tornou o WhatsApp já não é uma pauta nova para ninguém. O aplicativo de troca de mensagens instantânea...
Pesquisa exclusiva: posicionamento de empresas em questões políticas e... Qual deve ser o posicionamento de empresas diante de questões políticas e sociais? Elas devem se pronunciar, escolher la...
AUTOR
Pedro D'Angelo

Pedro D'Angelo

É jornalista, mas decidiu aventurar-se com Marketing. Hiperativo e curioso por natureza, fala sobre qualquer assunto. Por isso, achou uma boa ideia sentar para escrever sobre eles.