Como fazer perguntas de pesquisa de mercado sobre temas sensíveis

Pedro D'Angelo
Como fazer perguntas de pesquisa de mercado sobre temas sensíveis

A pesquisa de mercado online é uma ótima ferramenta para coletar informações de forma rápida, barata e inteligente. Com um questionário de pesquisa você aprende sobre seu público-alvo, seus clientes, os colaboradores da sua empresa e o mercado de forma geral. Mesmo assim, existem alguns obstáculos que podem comprometer os resultados da sua pesquisa. Um deles, com o qual muita gente não sabe lidar, acontece na hora de fazer perguntas de pesquisa sobre temas mais sensíveis, polêmicos e pessoais.

Para saber como fazer perguntas corretas, responsáveis e que não ofendam ou intimidem o respondente da sua pesquisa, continue lendo. Vamos te ensinar os cuidados necessários para fazer perguntas de pesquisa sem colocar o seu público em uma posição desconfortável e, claro, sem comprometer os seus dados.

Quais temas são considerados sensíveis em pesquisas de mercado?

Imagine uma pesquisa de mercado como uma conversa sua com alguém que você ainda não conhece tão bem – mas quer conhecer. Da mesma forma, alguns tópicos surgem mais naturalmente na conversa, enquanto outros são evitados. Mas quais seriam esses tópicos?

Os temas considerados mais sensíveis são os que pedem informações mais pessoais sobre a caracterização e as opiniões do seu respondente. Isso pode incluir perguntas sobre crenças pessoais e religiosas e questões relativas à sexualidade, por exemplo. Esses dois exemplos são utilizados para caracterizar o respondente da pesquisa, mas frequentemente podem causar desconforto em quem vai responder.

Outra situação em que fazer perguntas de pesquisa pode intimidar o respondente é na hora de abordar debates mais polêmicos da sociedade. Mesmo que os temas estejam em pauta atualmente, nem todo mundo fica confortável para falar sobre aborto ou liberação de drogas, por exemplo.

Como você certamente quer uma pesquisa de mercado bem compreendida e respondida honestamente pelo seu público, fica a questão. Será que vale fazer perguntas de pesquisa mais sensíveis? Se sim, como podemos fazer isso de forma correta?

Primeiro passo: vale a pena fazer perguntas de pesquisa sensíveis?

Antes de elaborar qualquer pergunta que aborde temas mais polêmicos, vamos fazer um exercício de reflexão. Se você quer conhecer a fundo o comportamento do consumidor e a opinião do seu público-alvo, você vai partir de um problema de pesquisa.

A partir desse problema, será elaborado um questionário com as perguntas que vão te ajudar a chegar até a resolução da questão. Nesse momento, antes de elaborar perguntas que possam passar por temas sensíveis, se pergunte: como essas perguntas vão contribuir para encontrar as respostas que está buscando?

Refletir sobre esse assunto é fácil. Pense que sua pesquisa está pronta, já na etapa de análise dos dados. Como as perguntas sensíveis que você faria vão contribuir nesse momento? Se forem perguntas de caracterização, elas podem ser usadas para filtrar o público de alguma forma específica? Que tipo de conclusão as respostas te levariam a obter?

Se conseguir imaginar situações em que as perguntas sensíveis resultarão em dados realmente relevantes, siga em frente com elas. Caso não imagine muita utilidade para as perguntas, talvez seja melhor deixá-las de lado por enquanto. Ninguém quer correr riscos à toa, não é mesmo?

Como elaborar suas perguntas do jeito certo

Caso você tenha chegado até aqui pronto para avançar e fazer perguntas de pesquisa mais sensíveis ou polêmicas, vamos agora à prática. Como fazer isso do jeito certo é que eu vou te ensinar agora. Siga as dicas abaixo para elaborar um questionário que passe por qualquer tipo de tema sem constrangimentos para o seu respondente.

1. Garanta a confidencialidade e a privacidade do entrevistado

Pesquisas de mercado devem passar o máximo de segurança para quem vai respondê-las. Por isso, antes de mais nada, deixe claro que as opiniões do seu respondente sobre temas sensíveis serão utilizadas apenas dentro do contexto da pesquisa. Garanta que nada será divulgado individualmente ou divulgando os dados do entrevistado.

Em pesquisas feitas pelo Painel de Consumidores do Opinion Box, você pode ficar mais tranquilo. Todos os participantes das nossas pesquisas de mercado aceitaram nossos termos de privacidade que garantem total privacidade das respostas.

2. Introduza com cuidado o tema das perguntas

Outra dica para suavizar a situação de fazer perguntas de pesquisa sensíveis é introduzi-las com cuidado. Antes de entrar em assuntos mais complicados, adicione uma introdução ao questionário. Comece dizendo que vai tratar do tema à sua escolha, explique o porquê das perguntas e garanta novamente que as respostas serão usadas apenas para os fins do seu estudo.

3. Reafirme que você só quer ouvir uma opinião

Também é bom garantir ao entrevistado, em perguntas de temas sensíveis, que não existe certo e errado. Entrar em tópicos mais polêmicos pode induzir o respondente a buscar a resposta mais “aceitável”. Dessa forma, os dados que a pesquisa gerar podem não condizer com a realidade que você busca investigar. Por isso, na hora de elaborar suas perguntas, deixe claro que você só quer ouvir uma opinião sincera, sem juízo de valor.

4. Leia, releia, revise e teste

No fim da elaboração do questionário, volte no início e leia novamente as perguntas. Leia várias vezes, revise o texto quantas vezes for necessário para garantir que não passará nada irresponsável nas questões. Teste o questionário e peça para outras pessoas testarem. Avalie a sua experiência e pergunte a outras pessoas como elas se sentiram falando sobre os temas sensíveis. Volte e revise o que for necessário até ter o máximo de certeza que o entrevistado estará confortável ao responder sua pesquisa de mercado.

5. Peça ajuda!

Fazer perguntas de pesquisa sobre temas sensíveis pode gerar insegurança em quem vai lançar sua pesquisa de mercado. Mesmo assim, não se acanhe. Na dúvida, fale com quem entende do assunto para ter certeza que tudo vai dar certo na coleta das entrevistas. Portanto, se ficar com alguma dúvida, conte com especialistas em pesquisa de mercado. Se preferir, pode falar com o Opinion Box. Nosso time está aqui para te ajudar em cada etapa da sua pesquisa. É só entrar em contato!

 

Também poderá gostar de:

Como entender e trabalhar com um banco de dados de pesquisa de mercado Depois de coletar as respostas de uma pesquisa de mercado, o resultado final será um banco de dados. Todas as respostas,...
Como criar um questionário de pesquisa infalível Seja em uma pesquisa por email, por link ou em um painel de respondentes, é muito importante ter atenção na hora de elab...
AUTOR
Pedro D'Angelo

Pedro D'Angelo

É jornalista, mas decidiu aventurar-se com Marketing. Hiperativo e curioso por natureza, fala sobre qualquer assunto. Por isso, achou uma boa ideia sentar para escrever sobre eles.

Daniela Schermann
Receba nossas novidades por e-mail