Novas Tecnologias: Pesquisa revela dados inéditos!

Novas Tecnologias: Pesquisa revela dados inéditos!

Com a promessa de facilitar a vida das pessoas, as novas tecnologias vêm chegando nas mãos dos consumidores de uma forma cada vez mais acelerada.

São tantas novidades que é fácil se perder e até mesmo questionar a viabilidade delas ao longo do tempo. No entanto, com tantas novas possibilidades, quais são as prioridades dos consumidores? Quais as expectativas para um futuro não tão distante?

Para ajudar a responder essas e outras perguntas, o Opinion Box realizou mais uma pesquisa exclusiva para entender como andam as expectativas e opiniões em relação às novas tecnologias e as tecnologias que aparecerão em um futuro próximo.

A relação entre os consumidores e as novas tecnologias

Não dá pra negar que a tecnologia faz parte do cotidiano de grande parte das pessoas. Não obstante, 83% dos entrevistados se consideram interessados ou muito interessados pelo assunto.

Além disso, 56% se informam com muita frequência sobre as novas tecnologias. E quando o assunto é a facilidade de adotar novas tecnologias, 77% têm facilidade ou muita facilidade.

Isso tudo só comprova que, em um mundo cada vez mais conectado graças às facilidades das tecnologias, quase ninguém quer ficar de fora desse universo, que conta com constantes novidades. 

Aspectos da vida em que as tecnologias estão presentes

Sabemos que as tecnologias impactam diretamente em quase todos os aspectos da vida das pessoas. No entanto, alguns deles se sobressaem.

Para 86% dos entrevistados, a tecnologia precisa ser útil, e não apenas um capricho.

Nesse sentido, de acordo com a pesquisa, 88% dos entrevistados afirmaram que a tecnologia está presente no aspecto financeiro da vida deles, considerando transações, bancos e gestão.

Além disso, 83% também afirmaram que a tecnologia está presente no entretenimento, considerando jogos, músicas e filmes, 77%, no trabalho e 75%, nas compras.

A pandemia transformou a relação das pessoas com a tecnologia, tornando-se praticamente essencial para ter contato com o mundo exterior durante o isolamento social. Nesse sentido, 81% das pessoas concordam que a pandemia e o isolamento social fizeram com que elas usassem mais tecnologia no dia a dia.

Intenção de compra de novas tecnologias

As instalações de automações em casas, que pareciam ser uma realidade distante ou só vista em filmes, já é uma realidade bem próxima de nós. Essas tecnologias ajudam bastante a melhorar o conforto e a qualidade de vida das pessoas.

Nesse sentido, os consumidores se interessam em automações e produtos que trazem praticidade para o dia a dia: 46% pretendem comprar lâmpadas inteligentes, 41% querem adquirir um aspirador-robô e 40%, fechaduras inteligentes.

Além disso, 38% também pretendem comprar um smartwatch, 38%, geladeira inteligente e 37% têm a intenção de comprar uma assistente virtual, como a famosa Alexa, da Amazon.

E por falar em assistentes virtuais, para entender como as pessoas utilizam essa ferramenta, metade dos entrevistados consultam e tiram dúvidas na internet, 47% utilizam a ferramenta como relógio e despertador e 46%, para ouvir e controlar músicas.

O futuro das tecnologias

Existem diversas inovações que ainda não fazem parte da nossa realidade, no entanto, também não parecem estar em um futuro tão distante. É o caso das tecnologias que serão comercializadas em um futuro próximo.

Entretanto, chama bastante a atenção que, embora pareçam ser novidades bem atrativas, em todas as inovações citadas na pesquisa, os entrevistados acreditam que elas serão comercializadas mais do que de fato gostariam de vê-las sendo vendidas e efetivar uma compra. Será que essa realidade irá mudar?

É o caso dos carros auto dirigíveis, por exemplo. Enquanto 63% acreditam que eles serão comercializados em breve, o percentual de consumidores que gostariam de vê-los comercializados e/ou comprar cai para 44%.

Metaverso

O termo “metaverso” é uma tendência que vem ganhando cada vez mais força. Ele é caracterizado por um verdadeiro universo paralelo online, que é compartilhado por pessoas que utilizam tecnologias como realidade virtual, realidade aumentada e hologramas, por exemplo, misturando os mundos reais e virtuais.

Nesse sentido, a novidade que parecia ser apenas tema de filmes e livros de ficção científica está cada vez mais próxima de nós: o clássico exemplo é o Facebook Inc., que mudou o nome para “meta”, com a proposta de realmente desenvolver uma nova realidade virtual.

Após a mudança do Facebook, o metaverso virou assunto de muitas conversas. Mas já existem muitas marcas e empresas que investem na nova realidade há algum tempo, como a Microsoft, Disney e Nvidia, por exemplo.

E como anda o interesse das pessoas de ingressarem neste verdadeiro universo paralelo? Por se tratar de um assunto novo, a maior parte dos entrevistados ainda tem dúvidas: 54% afirmam que querem conhecer o metaverso, mas ainda não sabem se querem utilizá-lo. 

Novas tecnologias: sobre a pesquisa

A pesquisa sobre as novas tecnologias foi feita com 2.058 pessoas de todo o país, que fazem parte do Painel de Consumidores do Opinion Box.

Respeitamos as proporções de região, gênero e classe social idade no país. A coleta dos dados aconteceu em dezembro de 2021 e a margem de erro é de 2,1pp.

Gostou do assunto e quer saber mais detalhes sobre a pesquisa? Baixe gratuitamente o Infográfico Tendências na Tecnologia.

Também poderá gostar de:

AUTOR

Danielle Salgado

Publicitária, fotógrafa e a louca dos gatos. Apaixonada por Marketing, adora descobrir coisas novas e falar sobre elas. Tem o sonho de viajar pelo mundo.