Mercado de Cervejas no Brasil – dados sobre o consumo de cervejas e relação com as marcas mais populares

Mercado de Cervejas no Brasil   dados sobre o consumo de cervejas e relação com as marcas mais populares

Conheça os hábitos de compra e consumo, a satisfação média e o vínculo emocional dos consumidores com as principais marcas do mercado de cervejas.

Que a cerveja é uma paixão nacional já não é novidade para ninguém. Nesse sentido, mesmo que você não goste da bebida, sabe que ela acompanha os melhores momentos do brasileiro: o happy hour, o almoço de domingo, o futebol, o samba, a praia e até mesmo a novela das oito.

Dessa forma, muitas marcas disputam esse concorrido mercado, no qual as cervejas artesanais também passaram a fazer parte. 

Para entender de forma mais aprofundada quais são as marcas preferidas pelo brasileiro, elaboramos a segunda edição do Opinion Box Insights: Cervejas. Nesse sentido, vale destacar que a pesquisa explorou apenas o universo das cervejas industriais. Confira a seguir as principais descobertas da pesquisa.

Mercado de cerveja no Brasil: hábitos de compra e consumo

Analisamos os principais hábitos e preferências de compra do consumidor de cerveja no Brasil. Veja a seguir.

Frequência de compra e gasto médio

44% dos entrevistados bebem cerveja pelo menos uma vez por semana em casa, na casa de amigos ou em eventos particulares. Nesse sentido, chama a atenção que apenas 1% dos entrevistados consomem a bebida diariamente nessas situações. 

Em relação aos gastos nesse contexto, 48% gastam menos de R$50 por pedido. Além disso, somente 17% gastam mais de R$100 por pedido.

Além disso, quando o cenário são bares, restaurantes e baladas, percebemos que a frequência de consumo diminui bastante: somente 24% compram cervejas pelo menos uma vez por semana nesse contexto. A pandemia e o isolamento social contribuíram para isso: 72% têm consumido mais cerveja dentro de casa do que em lugares externos.

Além disso, quase metade dos entrevistados (41%) compram menos de uma vez por mês nesse cenário. No entanto, o gasto médio nesse cenário varia pouco: 50% gastam menos de R$50 por pedido e 19% gastam mais de R$100.

Fatores de decisão de compra e sentimentos

70% afirmaram que o preço é um dos principais elementos considerados na hora de fazer a compra. Em seguida, vem o sabor, com 56% e a marca preferida, com 52%.

Aliás, em relação ao último fator, chama a atenção que 54% dos consumidores são fiéis às marcas de cerveja e somente 23% tomam qualquer tipo de cerveja, sem se importarem com a marca.

Além disso, metade dos entrevistados têm receio de beber cervejas de empresas desconhecidas. Isso mostra a relevância de um bom posicionamento de marca.

Presença das marcas no mercado de cervejas

Entre as marcas mais lembradas, a Skol lidera, tanto naquelas lembradas espontaneamente (25,3%), quanto no conhecimento estimulado (89%). 

Agora, quando o assunto são as marcas que os consumidores mais considerariam comprar, a Heineken lidera com 54%, seguida da Budweiser, com 44% e Brahma, com 41%.

Além disso, as marcas mais compradas no último ano foram Heineken (43%), Skol (33%) e Brahma (32%). Nesse sentido, a marca preferida entre aquelas que o entrevistado consideraria comprar foi a Heineken, favorita com 26% de preferência.

Índice de satisfação do mercado de cervejas

O mercado de cervejas é bastante concorrido no país. Apesar da maioria das marcas pertencerem a grandes grupos, como Ambev, grupo Petrópolis e Cervejaria Heineken, há muitas marcas disponíveis nos freezers e geladeiras.

Nesse sentido, nós escolhemos 17 marcas para avaliar no Opinion Box Insights. Em geral, a satisfação média das principais marcas do mercado de cervejas é 3,9. Há, no entanto, uma grande variação por marca. A satisfação média das marcas varia de 3,4 (Glacial) a 4,3 (Eisenbahn).

Vínculo emocional com as marcas do mercado de cervejas

O Opinion Box desenvolveu juntamente com a Expertise uma metodologia inédita no Brasil, que mede o vínculo emocional dos consumidores com as marcas.

O CEV (Customer Emotional Value) identifica as principais emoções que as marcas despertam nos consumidores e gera um indicador. Sendo assim, de acordo com a nota alcançada, as marcas se classificam em cinco faixas: haters, potenciais haters, indiferentes, potenciais lovers e lovers. 

Nesse sentido, a marca que obteve o maior CEV foi a Sol, com 94,0, e a menor nota do segmento foi da Glacial, com 75,3. Além disso, o CEV do segmento foi 89,8.

Mercado de Cervejas: saiba mais 

Esses foram apenas alguns dos principais resultados do Opinion Box Insights: Cervejas. Você pode conferir a pesquisa na íntegra acessando aqui o relatório completo e gratuito

Além disso, você pode fazer uma pesquisa voltada para o seu segmento de atuação conosco, por meio da nossa Plataforma de Pesquisa ou nossas Pesquisas Customizadas com o nosso time de Insights.

Caso você tenha alguma dúvida, é só entrar em contato com o nosso time de especialistas.

Também poderá gostar de:

AUTOR

Danielle Salgado

Publicitária, fotógrafa e a louca dos gatos. Apaixonada por Marketing, adora descobrir coisas novas e falar sobre elas. Tem o sonho de viajar pelo mundo.