Gestão de home office: como manter o engajamento da equipe?

Tangerino
Gestão de home office: como manter o engajamento da equipe?

Permitir que os colaboradores trabalhem na modalidade de home office, até pouco tempo, para muitas empresas era uma realidade sequer imaginada. 

Porém, com o distanciamento social causado pela pandemia da Covid-19, esse modelo de trabalho precisou ser adotado às pressas para a preservação da saúde dos colaboradores, que não podem ficar expostos ao risco de contágio, e também por uma questão de sobrevivência dos negócios.

Com essa nova dinâmica de trabalho, muitos desafios surgiram junto com a necessidade de entender como fazer uma gestão de home office eficiente e que mantenha a produtividade, a proximidade e o engajamento da equipe durante o trabalho remoto.

Neste artigo, o Tangerino – controle de ponto preparou algumas dicas imprescindíveis para que sua empresa tenha sucesso na gestão de home office neste momento e, mesmo à distância, consiga alcançar bons resultados, assim como os  obtidos com o trabalho presencial. Confira! 

Como funciona a gestão de pessoas em home office?

Antes de qualquer questão é importante reforçar que o contexto atual demandou de muitas empresas a adoção do home office a toque de caixa, sem um planejamento, que é essencial para que esse modelo funcione.

Mas as empresas também precisam ter em mente que, após o imediatismo da adaptação, o planejamento e a organização dos processos precisam entrar na pauta e fazer parte do dia a dia desse.

A gestão de home office envolve uma série de ações que devem ser consideradas, como a comunicação entre gestores e colaboradores, o esclarecimento das regras aos funcionários, para que eles saibam exatamente quais são as suas tarefas e como proceder, além do acompanhamento constante, inclusive do ponto de vista mental. 

Além disso, o setor de Recursos Humanos tem um papel fundamental nesse contexto, pois deve auxiliar nesse processo de adaptação ao novo modelo, encontrando estratégias que tornem o trabalho remoto mais dinâmico.

No próximo tópico, você verá alguns dos principais desafios para se realizar a gestão de pessoas no contexto do home office.

Conheça as vantagens e desafios da gestão de pessoas em home office

O home office é um modelo de trabalho que possui vantagens interessantes, como:

  • ganho de tempo antes utilizado com o deslocamento;
  • facilidade de contar com pessoas capacitadas, mesmo que elas estejam em outro país;
  • flexibilidade para conciliar questões profissionais com demandas da vida pessoal, o que geralmente não é possível com um trabalho tradicional e inflexível.

No entanto, esse modelo de trabalho impõe desafios, que precisam ser superados pelas empresas. Dentre eles estão: 

  • a gestão do tempo, pois, geralmente, as pessoas que trabalham em casa tendem a trabalhar mais horas, o que pode provocar um excesso de trabalho, comprometendo a produtividade;
  • o ambiente caseiro, com a presença de familiares e animais de estimação, que acabam tirando a concentração do colaborador;
  • a falta de contato presencial, que pode provocar uma sensação de distanciamento  entre os colaboradores e a cultura da empresa, diminuindo o engajamento.

Para que a empresa consiga aproveitar ao máximo as vantagens do modelo remoto e tenha capacidade de superar os desafios que podem gerar problemas é fundamental que ela aplique algumas dicas de gestão de home office, que serão apresentadas a seguir.

Veja como fazer gestão de home office

A mudança do trabalho presencial para o home office mostrou que a sociedade, especialmente no contexto do mercado de trabalho, tem condições de se adaptar à realidade que é imposta.

Fazer a gestão de home office é uma questão de planejamento, mas também de engajamento entre os colaboradores e de entendimento daquilo que cada um deve fazer. 

Para ter bons resultados com esse modelo, abaixo são apresentadas cinco dicas que precisam ser aplicadas pelos gestores:

1. Esclareça as regras do home office

O dia a dia flui e gera resultados quando cada um entende o seu papel e as diretrizes para o trabalho. No contexto do home office é ainda mais importante deixar claro as regras e as políticas da empresa.

Por exemplo, manter um fluxo dos processos em dia, estabelecer dia e horário para apresentação das tarefas realizadas, que pode ser feita por uma videoconferência.

Também é importante esclarecer como será a jornada de trabalho. No último tópico deste artigo, você saberá mais sobre a importância dessa gestão, ok? 

2. Mantenha uma comunicação constante e garanta a acessibilidade

A comunicação precisa se dar de forma acessível e ágil, seja para tirar uma dúvida, apresentar um resultado ou quando toda a empresa se reúne para realizar uma reunião.

Com o distanciamento entre as pessoas, a comunicação passa a ser uma aliada para manter o trabalho fluindo e a certeza de que, mesmo estando em casa, todos estão conectados e podem ser acionados a qualquer momento, dentro do horário previsto.

3. Faça pesquisas para saber como os colaboradores estão se adaptando

Cada colaborador tem um papel fundamental dentro da empresa e, no contexto do home office, o alinhamento entre as equipes será crucial para que as atividades e as entregas ocorram.

Para isso, entender como está sendo a experiência do colaborador trabalhando de casa, lidando com um ambiente diferente daquele para o qual foi contratado, pode ajudar a empresa a traçar outras estratégias.

Uma alternativa ágil e eficaz para o RH é a aplicação de pesquisas online, que podem avaliar como está sendo a vivência dos funcionários que trabalham em home office e detectar os desafios e pontos fortes da experiência.

4. Comemore as conquistas e reforce o senso de pertencimento

Manter o engajamento da equipe que atua remotamente é um desafio, mas muito necessário para que a distância não comece a afetar a produtividade e a noção de que aquele colaborador é parte da empresa.

Incluir momentos de comemoração e descontração pode ser uma forma de aproximar mais a equipe. 

Sempre que um time ou algum projeto alcançar um resultado positivo, comunique e até invista em ações que reforcem que, mesmo distantes, todos estão dando o seu melhor.

Há empresas que têm investido em eventos online, como happy hour, enviando brindes para os funcionários. As ações podem sair da criatividade dos gestores e serem adaptadas à realidade de cada negócio.

5. Conte com ferramentas que garantam a comunicação e a gestão

O trabalho remoto não seria tão funcional se não fossem as tecnologias disponíveis no mercado, muitas delas gratuitas.

Para que a rotina de trabalhos se dê de forma produtiva e ágil, as empresas com colaboradores em home office precisam contar com ferramentas de comunicação; de gestão de tarefas e controle de entregas; de controle de ponto digital e outras possibilidades que garantam a produtividade.

Entenda como fazer o controle de jornada em home office 

A gestão do horário de trabalho é importante para respeitar o limite da carga horária e ter controle das horas extras ou banco de horas, de modo que o colaborador não se sinta sobrecarregado nesse período, quando, muitas vezes, acaba trabalhando a mais.

Para isso, a empresa pode contar com um aplicativo de controle de ponto digital. De acordo com a legislação, colaboradores que atuam em home office não são obrigados a registrar ponto, no entanto, pode haver um acordo entre a empresa e o funcionário, quando ambas as partes definem se o contrato acontecerá por tarefa ou jornada.

O que achou dessas dicas para a sua empresa manter o engajamento da equipe? Com o período de adaptação concluído, a gestão de home office tende a se tornar cada vez mais ágil e simples!

Também poderá gostar de:

AUTOR
Tangerino

Tangerino

Este guest foi produzido pela equipe do Tangerino, app de controle de ponto digital e gestão da jornada de trabalho.