Pesquisa B2B ou B2C: como fazer pesquisas de mercado para cada público

Pedro D'Angelo
Pesquisa B2B ou B2C: como fazer pesquisas de mercado para cada público

Ao fazer uma pesquisa de mercado, precisamos ter sempre um público-alvo bem definido. O sucesso da etapas da pesquisa, desde a concepção do questionário até a coleta das respostas depende da definição do público. E a primeira grande distinção de público-alvo, antes de definir qualquer estratégia, é saber se estamos tratando de negócios B2B ou B2C.

Antes de mais nada, vamos aos conceitos. B2B (Business to Business) remete a transações entre empresas, enquanto B2C (Business to Consumer) trata das transações entre uma empresa e o consumidor final. Esses dois formatos de negócio são bastante distintos, e não só pensando em vendas e entregas finais. Todas as estratégias de vendas, de marketing e de atendimento também devem ser pensadas de forma mais específica.

E pensando nas pesquisas de mercado, não é diferente. Pesquisas B2B e pesquisas B2C têm, cada uma, sua aplicabilidade e sua própria forma de serem feitas. Mas e então, ouvir os consumidores, em geral, ou ouvir outras empresas? Para não restar dúvida, vamos ver como fazer pesquisas de mercado com cada um desses públicos.

Pesquisas B2B: quando falar com empresas

O que vai definir se sua pesquisa de mercado deve ser B2B ou B2C é bem básico. Para saber com quem realizar pesquisas de mercado, é só saber para quem você deseja vender.

Se seu negócio é exclusivamente B2B, as percepções dos consumidores em geral vão ter pouco a agregar à suas estratégias. Pode ser importante, mesmo para negócios B2B, entender como o público geral vê a sua marca e como percebem os concorrentes, mas não dá para ir muito mais longe entrevistando consumidores.

Então, para saber quando entrevistar outras empresas, pense no modelo do seu negócio antes de mais nada. Se for vender uma solução de gestão de projetos, ou um software de RH, faça uma pesquisa com outras empresas. Encontre empresas que vão responder ao seu questionário falando o que acham e se comprariam sua solução. Entrevistar os consumidores em geral não agregaria muito a essa ideia, certo?

Como fazer pesquisas de mercado B2B

As pesquisas B2B são geralmente feitas com um mailing próprio e enviadas por email. Por isso, para quem quer conhecer a opinião de empresas para abrir um negócio, por exemplo, fazer uma pesquisa B2B pode ser mais difícil em razão da especificidade do público.

Outra dificuldade ao fazer pesquisas B2B é pensar, de fato, em que pessoas dessas empresas vão responder ao questionário. Se for desenvolver uma pesquisa B2B para avaliar o potencial de venda do seu produto, provavelmente você precisará falar apenas com quem tem poder de decisão dentro das empresas do seu público-alvo.

Mas não vale desistir da pesquisa diante dessas dificuldades! Se você não tem como chegar diretamente a essas empresas que deverão responder ao questionário, não se preocupe. Primeiro, fale com a gente no Opinion Box. Nas nossas Pesquisas com Especialistas podemos avaliar a viabilidade da sua pesquisa e tentar encontrar, no nosso Painel de Respondentes, as pessoas que você precisa entrevistar.

Outra opção é criar sua pesquisa e divulgá-la, via link, em grupos e fóruns voltados para empresas. Lá, profissionais diversos terão acesso e poderão dar sua opinião no questionário da pesquisa. Como a divulgação por link te deixa com menos controle sobre as entrevista, coloque perguntas de caracterização no questionário. Pergunte a área de atuação do respondente, qual seu cargo e se ele tem poder de decisão dentro da empresa onde trabalha.

Ah, e vale lembrar que, mesmo em um modelo de negócio B2B, estamos sempre falando de pessoas. Ainda que sua pesquisa tenha como foco outra empresa, lembre-se que, quem vai responder, é sempre uma pessoa. Por mais que a linguagem B2B seja mais fomal e técnica, sua pesquisa deve ser compreendida facilmente pelo respondente.

Pesquisas B2C: quando fazer pesquisas com os consumidores

Novamente: para quem você vai vender? Se seu negócio tem como foco o consumidor final, é com ele que vamos falar na pesquisa de mercado.

Ao conhecer o comportamento do consumidor, podemos desenvolver ações mais eficazes. Ouvir o consumidor é entender melhor como fazer prospecção e vendas, aprimorar sua estratégia de comunicação e desenvolver melhorias no produto de acordo com o que o seu cliente realmente precisa.

Pesquisas com consumidores finais são muito mais amplas e, por isso, têm uma série de vantagens e dificuldades diferentes. Você pode testar um novo produto, avaliar uma campanha publicitária, medir a imagem da sua marca… enfim, são inúmeras as possibilidades de pesquisas nesse formato.

Como fazer pesquisas de mercado B2C

Enquanto as pesquisas B2B têm um aspecto mais formal e técnico, as B2C também requerem certos cuidados com a linguagem. Como falamos de consumidores em geral, é preciso ser o mais didático possível. O texto no questionário deve ser claro e de fácil entendimento para o consumidor comum. Jargões e termos técnicos até podem ser utilizados, desde que devidamente explicados no próprio questionário.

As pesquisas feitas no Opinion Box se encaixam principalmente nessa categoria. Nosso Painel de Respondentes, por exemplo, tem mais de 150 mil consumidores cadastrados em todas as regiões do país. Esses respondentes, todos, estão prontos para responder pesquisas dos mais diversos tipos.

E no painel, ainda conseguimos atingir segmentações mais específicas. Caso precise falar com certos grupos da população, entre em contato com a gente que te ajudamos a chegar até essas pessoas.

Então, se quer conhecer melhor seu consumidor, já sabe que é só falar com a gente! Entre em contato com nossa equipe, seja para te ajudarmos a definir seu público, chegar até ele ou criar uma pesquisa de mercado agora mesmo.

Também poderá gostar de:

AUTOR
Pedro D'Angelo

Pedro D'Angelo

É jornalista, mas decidiu aventurar-se com Marketing. Hiperativo e curioso por natureza, fala sobre qualquer assunto. Por isso, achou uma boa ideia sentar para escrever sobre eles.