Como criar uma pesquisa de mercado inclusiva

Danielle Salgado
Como criar uma pesquisa de mercado inclusiva

Quando você ouve a palavra “inclusão”, qual é a primeira coisa que vem à sua mente? Falar sobre inclusão abre um mundo de possibilidades: podemos tratar de religião, sexualidade, raça, gênero e muitas outras pautas, sempre buscando pela igualdade entre os indivíduos. Ao falarmos sobre pesquisa, é importante sabermos como criar uma pesquisa de mercado inclusiva.

Em um mundo onde buscamos por uma sociedade cada vez mais justa e igualitária, a pauta da inclusão social não pode ser deixada de lado.

Ao criar uma pesquisa de mercado, é muito importante que elas sejam baseadas em empatia, respeito e objetivos claros – desde sua linguagem até sua acessibilidade.

Por que criar pesquisas inclusivas?

Primeiramente, é preciso entender que agir com medidas inclusivas é agir com respeito e empatia ao próximo. Ou seja, é fazer com que o outro sinta-se acolhido e representado. Imagina deparar-se com um questionário no qual nenhuma resposta representa suas escolhas de vida?

Além disso, quando você prioriza a inclusão, logo terá uma grande diferença para o impacto de suas pesquisas, afinal, você abrirá o caminho para dados mais ricos, garantindo que os entrevistados se sintam valorizados e reflitam o compromisso de sua empresa com a diversidade, igualdade e inclusão.

Mas, afinal, como elaborar uma pesquisa mais inclusiva? Reunimos alguns fatores importantes que devem ser levados em consideração ao criar um questionário de pesquisa de mercado. Confira!

Como criar uma pesquisa de mercado inclusiva: atenção às perguntas demográficas

As perguntas demográficas são aquelas que servem para fazer um mapeamento das características gerais do entrevistado, tais quais: idade, gênero, raça, renda familiar, entre outros. 

Mergulhar em questões relacionadas à diversidade, equidade e inclusão pode parecer pessoal, porém isso não significa que você deve evitar essas perguntas, e sim saber por que as está perguntando e como usará os dados. Ser claro sobre isso o ajudará a criar perguntas melhores e que trazem dados mais ricos.

Recomendado para você:  4 pontos essenciais para criar um questionário de pesquisa de mercado

Em uma pesquisa de mercado inclusiva, essas questões devem ser elaboradas com cuidado. Por exemplo, ao perguntar sobre o gênero do usuário, o ideal é perguntar “com qual gênero você se identifica” ao invés de “qual o seu gênero”, e nas respostas, não limite-se apenas às opções “masculino ou feminino”. É importante incluir outras possibilidades, ou até mesmo acrescentar a opção “outro” e “prefiro não informar”.

Outro exemplo: embora a pergunta “Você se identifica como lésbica, gay, bissexual ou transgênero?” possa fornecer uma estimativa geral de indivíduos LGBTQ, não levará em consideração aqueles que se identificam como cisgêneros e heterossexuais, por exemplo.

Se você quiser entender as identidades de seus respondentes com esse nível de especificidade, você precisará abordar essa questão de uma forma mais ampla e inclusiva

Outra opção que pode ajudar a tornar as perguntas demográficas mais inclusivas é deixar a opção de resposta aberta ao usuário, quando for perguntar sobre a religião, por exemplo.

Seja claro sobre o motivo das perguntas demográficas

Como foi afirmado anteriormente, as perguntas demográficas podem soar muito pessoais para os respondentes, fazendo com que eles sintam-se um pouco desconfortáveis. Sendo assim, é importante deixar bem esclarecido o motivo de estar fazendo aquela pergunta.

Uma dica para fazer com que o usuário sinta-se mais confortável é inserir um tópico explicando o porquê daquelas perguntas e como as respostas serão utilizadas. 

Como criar uma pesquisa de mercado inclusiva: use a lógica de pular a seu favor

A lógica de pular no questionário é muito útil em questionários inclusivos. Afinal, existem algumas questões específicas que, dependendo da opção em que o respondente tiver marcado nas perguntas demográficas, não farão sentido para eles.

Por exemplo, supomos que uma pesquisa pergunte aos entrevistados sua religião e um entrevistado selecione “Hindu”. Caso essa pessoa seja questionada sobre sua tradição de Natal favorita ou com que frequência vai à igreja, ela pode achar que sua resposta não é bem-vinda ou que não é o público-alvo da pesquisa. Eles podem até encerrar sua pesquisa ao primeiro sinal de perguntas irrelevantes.

A lógica de pular será importante para criar uma pesquisa personalizada e para evitar que essas situações um pouco desagradáveis possam ocorrer, proporcionando a melhor experiência possível para o respondente.

Através da plataforma de pesquisa do Opinion Box, é possível criar perguntas utilizando a lógica. Nela, você também pode encontrar diversas opções de personalização da pesquisa.

Atente-se à linguagem utilizada

Em um formulário de pesquisa inclusivo, a linguagem é bastante poderosa e alguns termos podem acabar, mesmo que de forma não proposital, excluir, ofender ou marginalizar certas pessoas ou grupo de pessoas.

Por isso, é muito importante que as perguntas sejam feitas de uma forma que reconheçam a diversidade e transmitam respeito a todas as pessoas.

Existem várias maneiras de evitar que alguns termos sejam utilizados de forma preconceituosa, bem como pensar no contexto, história e implicações. 

Atente-se a palavras ou frases que possam ter conotações indesejadas, para que você possa trocá-las por um texto mais específico. Da mesma forma, é melhor evitar expressões idiomáticas, gírias ou palavras que possam ter significados diferentes para grupos de pessoas diferentes. 

Outra dica importante sobre como criar uma pesquisa de mercado com linguagem inclusiva é não definir o que é “normal”. Evite também presumir que os respondentes têm diploma universitário, um emprego ou uma residência, pois esses são privilégios que possivelmente não se aplicarão a todo o público.

Utilize um layout inclusivo

Você pode personalizar sua pesquisa de uma maneira simples para torná-la mais inclusiva, como por exemplo, utilizando cores e o design a seu favor.

Quanto mais claro e objetivo for um formulário, melhor será sua acessibilidade. Detalhes simples como colocar legenda em uma imagem ou incluir um contexto no texto da pergunta podem fazer toda a diferença.

Como criar uma pesquisa de mercado inclusiva: qual plataforma utilizar?

Para criar uma pesquisa de mercado inclusiva, é necessário atentar-se a qual plataforma oferece todas as possibilidades citadas.

Através das ferramentas do Opinion Box, é possível criar uma pesquisa de mercado inclusiva e personalizada da maneira que você preferir.

Quer saber mais sobre qual das nossas soluções é a ideal para a sua empresa? Entre em contato com um de nossos especialistas.

Também poderá gostar de:

AUTOR
Danielle Salgado

Danielle Salgado

Publicitária, fotógrafa e a louca dos gatos. Apaixonada por Marketing, adora descobrir coisas novas e falar sobre elas. Tem o sonho de viajar pelo mundo.