5 formas de evitar perguntas tendenciosas ao criar o seu questionário

Daniela Schermann
5 formas de evitar perguntas tendenciosas ao criar o seu questionário

Para garantir o sucesso da sua pesquisa de mercado, é preciso ter certeza que o seu questionário não possui perguntas tendenciosas, ou seja, que você não está induzindo de alguma forma que o respondente marque determinada questão. Na maioria das vezes, isso ocorre de forma não intencional e até imperceptível para quem não está atento, mas existem alguns detalhes que podem garantir que suas perguntas sejam neutras e isentas.

1. Imparcialidade no enunciado

Ao construir os enunciados das suas perguntas, certifique-se de que você está sendo imparcial e deixando o respondente livre para expressar a sua opinião. Por exemplo, se você quer saber se as pessoas gostam de chocolate, o enunciado não pode ser: “o quanto você adora chocolate?”, pois ele supõe que todo mundo adora chocolate, o que não é verdade.

2. Alternativas de respostas

Se a sua pergunta for resposta única ou múltipla escolha, tenha certeza de que as alternativas cobrem todos os cenários de resposta possíveis. Dessa forma, o entrevistado encontrará uma alternativa que lhe atenda e não precisará escolher uma resposta aleatoriamente. Continuando no exemplo do chocolate, se a pergunta é “com qual frequência você come chocolate?”, você tem que ter uma alternativa “nunca”.

Recomendado para você:  Conheça os tipos de pergunta e quando usar cada um na sua pesquisa de mercado

3. Ordem das alternativas

A ordem em que as alternativas de resposta aparecem podem influenciar o respondente. Tente colocar de acordo com uma lógica, e mantenha a mesma lógica em todo o questionário, para se mostrar imparcial. Você pode, por exemplo, decidir que a primeira alternativa é sempre a mais negativa e a útlima a mais positiva. Então, as primeiras serão “não gosto nem um pouco” e “nunca” e as útimas serão “gosto muito” e “todo dia”.
Além disso, mantenha o mesmo número de alternativas negativas e de alternativas positivas.

4. Lógica no questionário

O recurso da lógica pode ser muito útil para evitar que seu questionário seja tendencioso. Ao invés de supor que todo mundo gosta de chocolate, crie uma primeira pergunta: Você gosta de chocolate? Todos os que responderem “sim” passam para a próxima questão. Para aqueles que responderem “não”, o questionário encerra.

Recomendado para você:  Questionário: 21 dicas resumidas para criar um questionário eficaz

5. Cuidado com os adjetivos

Assim como em um texto jornalístico, os adjetivos devem ser usados com muito cuidado para não empregar juízo de valor. A pessoa que responde a pesquisa não deve ser capaz de inferir qual a opinião daquele que pergunta. Faça enunciados isentos, e só use adjetivos quando for extremamente necessário para a compreensão da pergunta.

Precisa de mais dicas para criar o seu questionário? Baixe o nosso infográfico gratuito com dicas para criar uma pesquisa infalível.

Também poderá gostar de:

4 estratégias de marketing digital que sua empresa deveria estar inves... O Marketing está diretamente relacionado a como os indivíduos interagem com as marcas, tomam decisões de compra e consom...
Como usar as redes sociais para impulsionar sua pesquisa de mercado Ao realizar uma pesquisa de mercado, você precisa escolher como coletar suas respostas e qual público deverá responder s...
AUTOR
Daniela Schermann

Daniela Schermann

Jornalista e Líder de Marketing do Opinion Box, é especialista em Inbound Marketing e entende tudo sobre pesquisa e comportamento do consumidor. Prefere ser chamada só de Dani e está sempre aprendendo alguma coisa nova.

Daniela Schermann
Receba nossas novidades por e-mail