Golden circle: como dar propósito para sua empresa com este conceito

Daniela Schermann
Golden circle: como dar propósito para sua empresa com este conceito

O especialista em liderança, Simon Sinek, criou o conceito do golden circle, ou círculo dourado, para ajudar as empresas a se tornarem mais inspiradoras. É uma metodologia simples, mas que pode ser muito poderosa e trazer muitos impactos positivos.

A metodologia não é nova. Sinek apresentou o conceito em seu livro de 2009, “Comece pelo porquê” e também em um TED no mesmo ano, que já tem mais de 41 milhões de views.

Desde então, o conceito vem sendo abordado por diversas empresas que querem se diferenciar e ter sucesso.

Aqui nós vamos explicar resumidamente o conceito, com exemplos e dicas para você aplicá-lo na sua empresa.

O que é o golden circle

O golden circle nada mais é do que uma forma inovadora de pensar, agir e se comunicar. Sinek costuma dizer que ele não criou o conceito, apenas decodificou esse modelo que diferencia os grandes líderes (tanto pessoas quanto empresas) dos demais.

O autor explica que todas as empresas sabem o que elas fazem, algumas sabem explicar como elas fazem, e muito poucas sabem o porquê do que elas fazem. Ao mesmo tempo, as empresas que lideram seus mercados, ou pessoas que são líderes muito inspiradores, partem do porquê para então chegar o quê. Ou seja, elas começam a existir a partir de um propósito.

No vídeo abaixo, que resume a sua palestra no TED, ele explica o golden circle e como ele chegou a essa ideia:

Qual a importância do golden circle

Aqui no Opinion Box, nós temos falado muito sobre a importância de criar um vínculo emocional com os consumidores. Ao ter o seu propósito claramente definido e propagá-lo até os seus consumidores, você irá estabelecer uma conexão direta com eles.

As pessoas passarão a consumir a sua empresa não por causa dos produtos que você vende, mas por causa do que você pensa e do que faz. Isso traz inúmeras vantagens para o seu negócio.

Todo mundo quer ser uma marca que inspira e emociona. Pense em marcas como Nike, Apple, Disney e Coca-Cola. O que as diferencia das demais é exatamente o vínculo emocional que elas estabeleceram com o público. E elas só foram capazes de fazer isso porque tinham um propósito claro. É isso que torna o conceito do golden circle tão simples e, ao mesmo tempo, tão genial.

Se a Apple, por exemplo, fosse apenas uma empresa de computador, ela provavelmente jamais teria sucesso produzindo mp3 players (iPods) e smartphones (iPhones). Mas ela tem um propósito tão claro e já tão embutido na mente dos consumidores, que seus lançamentos nunca geraram desconfiança no público.

Pelo contrário, geravam filas e euforia. Todo mundo já viu, alguma vez, o Steve Jobs em cima de um palco, com sua característica gola rolê preta e calça jeans, fazendo um verdadeiro show para lançar um novo produto.

Golden circle: como dar propósito para sua empresa com este conceito

Como aplicar o golden circle na sua empresa

Sinek explica que as empresas devem começar a pensar de dentro para fora. Por isso, se você está querendo empreender e começar uma empresa, você deve se perguntar: “Por que a minha empresa deveria existir?”.

Agora, se a sua empresa já existe, é preciso parar e refletir o seu golden circle.

O por quê?

Comece sempre pelo porquê. Essa é a principal lição do golden circle. O porquê é o propósito, aquilo que justifica a existência da sua empresa. Depois que você definir o seu propósito, todas as suas ações, estratégias e comunicação devem se basear no seu propósito.

É claro que eu não preciso nem dizer que ganhar dinheiro não é um propósito válido, né? O lucro é um resultado, e não um motivo em si. O propósito tem muito mais a ver com o que o mundo ganha com a existência da sua empresa do que com o que você ganha.

O como?

A segunda esfera do golden circle é o como. O que você vai fazer para atingir o seu propósito? Quais estratégias e ações estão sendo feitas para atingir o seu propósito?

O como está diretamente relacionado à sua proposta única de valor, ou seja, aquilo que diferencia você das demais empresas. Aqui você vai dizer quais são os processos e métodos que vai utilizar para atingir o seu porquê.

O o que?

A terceira esfera do slogan vai dizer exatamente aquilo que você faz. Apesar de ser a etapa mais simples do golden circle, ela é primordial. Se você não sabe o que faz ou não sabe como deixar isso claro, de forma simples e concisa, você tem um grande problema para resolver.

Como tirar o golden circle do papel

Após definir o golden circle da sua empresa, é preciso que ele faça parte da filosofia da sua empresa. Assim como sua missão e valores, não pode ser apenas uma ideia no papel.

Todos os colaboradores precisam conhecer e vivenciar o mesmo propósito que a empresa. Os clientes precisam sentir, ainda que de forma intuitiva, que aquela empresa está seguindo um propósito.

Como? Existem diferentes formas de fazer isso. Empresas com cultura organizacional forte normalmente têm mais facilidade de disseminar o seu propósito por todo o time. Por isso, investir em cultura é fundamental.

Além disso, as ações e estratégias de marketing, comunicação e vendas devem estar sempre alinhadas com o seu propósito.

Por fim, os líderes da empresa precisam seguir o mesmo propósito, para que todos estejam caminhando na mesma direção.

Recomendado para você:  Cultura organizacional: como implantar uma cultura forte na sua empresa

Golden circle: exemplos

Se até agora todo esse papo de golden circle está muito subjetivo para você, não se preocupe. Vou apresentar agora alguns exemplos que vão materializar o golden circle para você.

Separei o golden circle de algumas empresas de sucesso, conhecidas não só pelo diferencial do seu produto, mas justamente por seu alinhamento com o propósito:

Apple

Por quê: Tudo o que nós fazemos é para desafiar o status quo. Acreditamos em pensar diferente.
Como: Desenvolvemos produtos lindos e fáceis de usar
O que: Computadores, smartphones etc.

Natura

Por quê: Somos apaixonados pela cosmética e pelas relações.
Como: A forma que expressamos nossa paixão é promovendo o bem estar das pessoas consigo e com os outros.
O que: Através de fragrâncias, texturas e composição dos nossos produtos de beleza e higiene pessoal.

Opinion Box

E claro que eu não poderia deixar de colocar aqui o nosso próprio golden circle:

Por quê: Ajudamos empresas a tomar decisões mais inteligentes, baseadas em dados e não em achismos.
Como: Entendemos o comportamento e os desejos dos consumidores com muita velocidade e a um preço acessível.
O que: Oferecemos soluções digitais inovadoras de pesquisa de mercado e customer experience.

Dicas para criar o seu golden circle

Se tiver dúvidas de como criar o seu golden circle, aqui vão algumas dicas:

Comece realmente pelo porquê:
Por mais que a teoria diga que as empresas precisam começar pelo porquê, muita gente acaba invertendo a ordem e tentando fazer o golden circle primeiro pelo o que. Parece que faz mais sentido, pois é mais fácil e, portanto, mais intuitivo. Mas é exatamente isso que o conceito do golden circle tenta mudar. É uma mudança de visão e de paradigma, por isso, você precisa seguir o método.

O que aconteceria se…

Se tiver dificuldade de definir o porquê, tente responder a essas perguntas:
O que aconteceria se a minha empresa deixasse de existir? Do que as pessoas iriam sentir falta?

Se a sua empresa ainda não está totalmente consolidada, se pergunte o que vai mudar no mundo depois que a sua empresa for um sucesso. Qual impacto ela vai ter nas pessoas, nas empresas, nas cidades ou nas organizações?

Fuja do óbvio

O propósito não é sua missão ou seus valores. Também não é algo simples como cuidar das pessoas ou atender bem o cliente. É algo único e exclusivo para a sua marca. Só dessa forma você vai conseguir criar um vínculo emocional com os seus consumidores e de fato obter todas as vantagens que o golden circle pode trazer para o seu negócio.

Atenção ao texto

Por ser formado por três frases simples e curtas, cada palavra do seu golden circle pode fazer uma grande diferença. Por isso, fique bem atento à escolha de palavras e ao texto final de cada etapa do golden circle.

Converse com o seu consumidor

Uma boa forma de criar o seu golden circle é entender a visão que os consumidores já tem do seu negócio. Você pode fazer uma pesquisa de imagem de marca ou uma pesquisa de comportamento do consumidor para saber como eles enxergam a sua marca, os fatores que influenciam sua decisão de compra e muito mais.

Quer entrar na mente do consumidor? Baixe o nosso ebook e aprenda conceitos, técnicas e tendências para descobrir como seus consumidores escolhem e consomem produtos.

Também poderá gostar de:

Marketing no LinkedIn: como usar o LinkedIn para estratégias de market... Eu ia começar esse post tentando te convencer da importância e da grandeza das redes sociais na nossa vida. Acabei desis...
10 tendências de pesquisa de mercado e opinião para 2017 Fim de ano é época de previsões. No ano passado, nós pegamos a nossa bola de cristal e previmos 10 tendências de pesquis...
AUTOR
Daniela Schermann

Daniela Schermann

Jornalista e Líder de Marketing do Opinion Box, é especialista em Inbound Marketing e entende tudo sobre pesquisa e comportamento do consumidor. Prefere ser chamada só de Dani e está sempre aprendendo alguma coisa nova.

Daniela Schermann
Receba nossas novidades por e-mail