Perguntas abertas: usar ou não na sua pesquisa de mercado?

Pedro D'Angelo
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
Perguntas abertas: usar ou não na sua pesquisa de mercado?

Ao elaborar um questionário de pesquisa, existem diversas formas de torná-lo mais interessante para quem for responder e também com respostas mais assertivas e dados mais ricos para a sua análise: você pode utilizar fotos, vídeos, textos entre as questões e lógica.

Além disso, aqui mesmo no blog, já dedicamos um texto aos vários tipos de perguntas que podem ser utilizadas em uma pesquisa, explicando quando usar cada uma delas. Agora, nossa tarefa é aprofundar ainda mais em tipo de pergunta que causa muitas dúvidas nos usuários que realizam pesquisas no Opinion Box: as perguntas abertas.

O que são perguntas abertas

As chamadas perguntas abertas são aquelas que, dentro do seu questionário, exigem uma resposta em formato de uma frase ou texto elaborado com as próprias palavras do respondente. Nesse tipo de questão, o entrevistado tem liberdade para explicar, descrever e opinar sobre seu questionamento, de forma mais ampla e pessoal do que com respostas pré-definidas pelo questionário.

Utilizando uma pergunta aberta, ainda é possível coletar informações que justifiquem ou expliquem melhor as respostas dadas em perguntas anteriores. Por exemplo: você pode pedir que o respondente dê uma nota de 0 a 10, em uma pergunta de escala, à nova embalagem do seu produto. Logo em seguida, para expandir o insight fornecido pelo respondente, vale inserir uma pergunta aberta questionando o porquê daquela nota.

Quando utilizar perguntas abertas

Uma pergunta aberta pode trazer muitas informações inesperadas para uma pesquisa. Como já explicamos, elas podem ser um complemento às perguntas fechadas, em que o respondente fornece mais informações e explica respostas anteriores. Isso serve, é claro, para expandir os seus insights e entrar mais ainda na mente do seu consumidor.

Além de tudo isso, deixar que o respondente fale com suas próprias palavras os deixa com a sensação de que sua opinião será realmente levada em consideração. Por isso, utilize as perguntas abertas sempre que quiser ouvir uma explicação ou opinião dos seus respondentes.

No Opinion Box, para inserir perguntas abertas no seu questionário, basta escolher a opção Texto.

Cuidados ao utilizar perguntas abertas

Apesar de oferecer resultados interessantes, as perguntas abertas exigem alguns cuidados, pois apresentam um desafio maior na hora de analisar as respostas. Como cada resposta é única e pessoal, fazer uma compilação desses dados e analisa-los é demorado e trabalhoso, e exige um esforço manual. Por isso, avalie a quantidade de questões abertas no seu questionário e coloque apenas aquelas que julgar necessárias.

Além disso, perguntas abertas também podem ser rejeitadas por usuários que respondem à pesquisa em um dispositivo móvel. Digitar frases ou parágrafos mais longos pode desanimar o respondente que está em um celular ou tablet, por exemplo. Neste caso, para evitar que a pessoa abandone a pesquisa como um todo, a sugestão é deixar a pergunta aberta como não obrigatória.

Lembre-se também que, quanto mais questões abertas tiver em seu questionário, mais longo e cansativo ele fica para quem for responder, aumentando a taxa de abandono.

Como elaborar a pergunta ideal

Se as perguntas abertas trazem respostas muito diferentes dos demais tipos de pergunta, é óbvio que, na hora de redigir o enunciado, os cuidados também precisam ser diferentes. Nesse caso, como a pergunta visa obter informações mais detalhadas e amplas, o seu texto deve induzir esse objetivo da forma mais clara possível.

Em um exemplo prático, se você pretende saber como foi a experiência de um cliente na sua loja física, não pergunte nada do tipo “Como foi sua experiência em nossa loja?”. Explique detalhadamente para o respondente o que você espera dele, para que a resposta possa corresponder ao seu objetivo, enunciando, por exemplo: “Explique como foi sua experiência em nossa loja. Considere todos os aspectos da sua experiência, como o atendimento, as instalações físicas, a organização do espaço e a disponibilidade de informações sobre os produtos.”

Quer saber mais sobre como criar as perguntas certas no seu questionário? Baixe nosso infográfico para aprender a criar o questionário de pesquisa infalível.

Perguntas abertas: usar ou não na sua pesquisa de mercado?Perguntas abertas: usar ou não na sua pesquisa de mercado?Perguntas abertas: usar ou não na sua pesquisa de mercado?Perguntas abertas: usar ou não na sua pesquisa de mercado?

Também poderá gostar de:

3 coisas que você precisa saber antes de criar seu questionário de pes... Seja para fazer uma pesquisa por email com seus clientes ou em nosso painel de respondentes, você vai precisar de um que...
Como usar as redes sociais para impulsionar sua pesquisa de mercado Ao realizar uma pesquisa de mercado, você precisa escolher como coletar suas respostas e qual público deverá responder s...
AUTOR
Pedro D'Angelo

Pedro D'Angelo

É jornalista, mas decidiu aventurar-se com Marketing. Aqui no Opinion Box, cuida de Projetos e Relacionamento com o Cliente. Hiperativo e curioso por natureza, fala sobre qualquer assunto. Por isso, achou uma boa ideia sentar para escrever sobre eles.

Pedro D'Angelo
Receba nossas novidades por e-mail