“Capitão América: Guerra Civil”: uma batalha no Universo Marvel e 7 no mundo da pesquisa de mercado

Daniela Schermann
“Capitão América: Guerra Civil”: uma batalha no Universo Marvel e 7 no mundo da pesquisa de mercado

#semspoilers

A espera acabou. O filme mais aguardado do ano chegou às telonas e agora todos devem escolher: ficar ao lado do Capitão América ou do Homem de Ferro? No universo da Marvel, a batalha é bem séria e intensa e, ainda que não seja uma luta do bem contra o mal e não haja necessariamente uma visão certa e uma errada, todos os heróis precisam se posicionar e decidir de que lado estão. E o que isso tem a ver com pesquisa de mercado?

No dia a dia dos negócios, vivemos diversos duelos, e esta semana mesmo já contamos para você como a pesquisa de mercado pode te ajudar a vencer essa guerra. Mas até mesmo na hora de criar uma pesquisa de mercado enfrentamos diversos confrontos que podem deixar qualquer super-herói confuso e sem saber como agir.

Antes de entrar em desespero e chamar o Homem Aranha para ajudá-lo, fique tranquilo que nós estamos aqui exatamente para mostrar os 7 duelos mais clássicos da pesquisa de mercado e como você pode sair vencedor de cada um deles.

Assim como na luta entre Steve Rogers e Tony Stark, nenhuma das batalhas abaixo possui exatamente um lado certo, mas algumas dicas vão te ajudar a encontrar a melhor opção para você. Então prepare a pipoca e vamos lá:

Pesquisa quantitativa x Pesquisa qualitativa

Esta é a pergunta que perturba praticamente todo mundo que vai começar a fazer uma pesquisa de mercado. A resposta é muito mais simples do que você imagina: tudo depende de quais são os seus objetivos. Se você pretende validar uma hipótese estatisticamente, sem se preocupar em entender a fundo quais são as motivações por trás de cada resposta, uma pesquisa quantitativa irá entregar os resultados que você busca.

Por exemplo, se quiséssemos saber a opinião da população acerca do dilema proposto no filme, ou seja, se os super-heróis devem ser controlados pelo governo e ter suas identidades reveladas, seria preciso fazer uma pesquisa quantitativa, em que ouviríamos uma amostra representativa da população e perguntaríamos a opinião dos entrevistados.

Mas para saber em profundidade o que as pessoas acham sobre o tema e o que levou cada uma delas a se posicionar do lado do Capitão América ou do Homem de Ferro, seria preciso uma pesquisa qualitativa. Está na dúvida se precisa fazer uma pesquisa quantitativa ou qualitativa? Este post aqui tem mais informações que podem te ajudar. Agora, se a sua dúvida é se você deve torcer para o Capitão América ou para o Homem de Ferro, aí você deve nos desculpar, mas não há nada que possamos fazer.

Pesquisas digitais x Pesquisas por telefone

Se você é fã de quadrinhos, provavelmente tem um favorito: ou prefere a Liga da Justiça da DC Comics ou Os Vingadores da Marvel. Algumas pessoas que trabalham com pesquisa de mercado costumam ter uma preferência quando o tema é pesquisas digitais ou pesquisas por telefone, mas achar que é necessário se posicionar de um lado ou de outro, neste caso, é um verdadeiro equívoco.

As pesquisas digitais trazem muitas vantagens, como por exemplo custos mais acessíveis e resultados mais rápidos. Mas existem situações em que a pesquisa por telefone se torna uma opção mais viável. Em alguns casos é muito mais fácil encontrar o seu público por telefone do que no ambiente online, por exemplo.

Fazer a pesquisa sozinho x Contratar um especialista

No Opinion Box, você pode escolher fazer sua pesquisa sozinho, sem sair da frente do computador. Neste caso, você criar o seu questionário, definir o público que irá responder a pesquisa e aguardar os resultados para analisá-los. Mas também pode contar com o nosso time de especialistas, que irá ajudá-lo do início ao fim do projeto.

De novo, não há melhor ou pior. Tudo depende da sua necessidade, da complexidade do projeto e do seu conhecimento prévio em pesquisa de mercado. Antes de tomar uma decisão, converse com um de nossos especialistas.

Pesquisa com os próprios contatos x Painel de respondentes

Parece uma escolha difícil, mas essa é bem mais fácil do que decidir se os heróis devem ter as identidades reveladas ou não. Nós inclusive já fizemos um infográfico para você definir o público ideal da sua pesquisa.

Para saber se você deve utilizar um mailing próprio ou um painel de respondentes, você deve, novamente, avaliar os objetivos da sua pesquisa. Se você precisa de resultados imparciais e representativos da sociedade ou de um grupo específico, o painel de respondentes é a melhor opção para você.

No painel de respondentes do Opinion Box, temos disponíveis alguns filtros de segmentação de público, como por exemplo sexo, idade e renda. Se precisar de filtros específicos, como “pessoas que assistiram a todos os filmes da Marvel”, converse com nossos especialistas.

Agora, se quer entrevistar seus clientes, seu público interno ou as pessoas que compareceram ao seu evento, você irá precisar de uma lista de contatos.

Pesquisa de mercado por email x Pesquisa por link

Imagine que você optou por fazer uma pesquisa com seus próprios contatos. Há agora um novo confronto: enviar a pesquisa por email ou disponibilizar o link da pesquisa no site e redes sociais?

As pesquisas por link podem ser uma ótima opção se você divulgá-la nos canais corretos e tiver clareza de que, uma vez divulgado o link, qualquer pessoa que tiver acesso a ele poderá respondê-lo. Assim, se você precisa de cotas de respondentes por sexo, idade ou região, esta não é a melhor opção.

Já a pesquisa por email é excelente quando você possui um mailing próprio. Mas também requer algumas precauções. Não tantas quanto você precisaria ter ao encontrar um Capitão América furioso por aí:

Criar questionário do zero x Modelo da biblioteca

Criar um questionário do zero tem as suas vantagens, é claro. Você pode estruturá-lo como bem entender. E dependendo do tipo de pesquisa, vai precisar de perguntas muito personalizadas, que não encontrará em modelo nenhum.

Mas sempre vale a pena conferir os nossos modelos de questionário. São mais de 40 modelos que você pode editar da forma que quiser.

Recomendado para você: Questionário de pesquisa de mercado: conheça os nossos modelos

Pergunta aberta x Pergunta fechada

As perguntas abertas são aquelas em que o entrevistado pode escrever a resposta livremente. As perguntas fechadas são as que ele precisa escolher uma ou várias opções de respostas previamente apresentadas.

Utilize perguntas abertas quando quiser que os respondentes falem a resposta com suas próprias palavras. Por exemplo: “Por que você gostou do filme Capitão América: Guerra Civil? ou “O que você achou do final?”.

Lembre-se, no entanto, que as perguntas abertas são mais difíceis de analisar.
Ao optar por utilizar perguntas fechadas, não se esqueça que o Opinion Box oferece diversos tipos de pergunta. Elas servem para deixar o seu questionário mais atraente para quem for responder e mais fácil para quem for analisar.

E você? Já vivenciou algum outro confronto na hora de criar uma pesquisa? Conte para a gente.

Também poderá gostar de:

AUTOR
Daniela Schermann

Daniela Schermann

Jornalista e Head de Marketing do Opinion Box, é especialista em Inbound Marketing e entende tudo sobre pesquisa e comportamento do consumidor. Prefere ser chamada só de Dani e está sempre aprendendo alguma coisa nova.