O que você pode aprender fazendo uma pesquisa de satisfação

Pedro D'Angelo
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
O que você pode aprender fazendo uma pesquisa de satisfação

Você sabe o que os seus clientes pensam sobre o seu produto ou serviço? Se você tem um negócio, oferece um serviço ou vende produtos, é muito importante saber como você está sendo avaliado, o que é esperado de você e como você pode melhorar o seu trabalho. Para te ajudar nessa tarefa – nem sempre fácil – uma opção é realizar uma pesquisa de satisfação.

Realizar uma pesquisa de satisfação é a forma mais eficaz de entender melhor diversos aspectos de um negócio e estabelecer um contato direto com o consumidor. É com esse tipo de questionário que você vai poder responder perguntas fundamentais para seu sucesso:

O que os seus clientes pensam sobre a sua marca?

Pare de tentar adivinhar o que seus consumidores pensam sobre seu produto ou serviço. Pergunte, de maneira simples e direta, se ele ficou satisfeito com o que consumiu. A melhor forma de analisar os resultados, nesse caso, é com uma pergunta de escala. Estabeleça sempre a mesma escala e deixe claro qual a menor nota e qual a maior nota.

Por exemplo: “Em uma escala de 1 a 5, o quanto você ficou satisfeito com o atendimento, sendo 1 nada satisfeito e 5 totalmente satisfeito?

Recomendado para você: Conheça os tipos de pergunta e quando usar cada um na sua pesquisa de mercado

Quais os pontos críticos que podem e devem ser aprimorados em seu trabalho?

Com a informação do que está agradando e desagradando, é possível traçar os próximos passos para otimizar o seu trabalho. Em um exemplo prático: seus consumidores te indicaram que o tempo de espera para ser atendido em seu restaurante é longo demais.

A partir daí, quais atitudes devem ser tomadas? Você deve considerar contratar mais garçons ou treinar os atuais funcionários para aumentar sua agilidade? Só mesmo ouvindo seu público é que você vai chegar a essa informação e, consequentemente, na melhor forma de resolver essa demanda.

Como você é visto em comparação com sua concorrência?

Realizar uma pesquisa de satisfação te permite ainda ser comparado com sua concorrência por quem realmente interessa: o cliente. O que os outros tem que você não tem? Em que você se sobressai? Pedir para que seu público avalie seu serviço comparando-o às outras opções existentes no mercado permite te dar uma visão mais ampla das suas oportunidades, erros e acertos.

O que fazer para reter os meus clientes?

Clientes satisfeitos não duram para sempre. Se você já tem um público relativamente fiel, o que vem a seguir? Se os resultados da sua pesquisa de satisfação forem favoráveis, não pense em parar por aí: essa é a sua chance de melhorar cada vez mais, conquistar a fidelidade de quem já gosta de você e tornar essa base de clientes em advogados da sua marca.

Com essas dicas, você já tem uma visão geral do que uma pesquisa de satisfação pode fazer pelo seu negócio. O próximo passo é elaborar o seu questionário, e nós também te ajudamos nessa etapa. Confira alguns modelos prontos aqui. Ainda ficou com alguma dúvida? Entre em contato que nós te ajudamos!

O que você pode aprender fazendo uma pesquisa de satisfaçãoO que você pode aprender fazendo uma pesquisa de satisfaçãoO que você pode aprender fazendo uma pesquisa de satisfaçãoO que você pode aprender fazendo uma pesquisa de satisfação

Também poderá gostar de:

Como fazer uma pesquisa de mercado online em 7 dias Aqui no Opinion Box nós entendemos que, no mundo dos negócios, o prazo costuma ser apertado. Tudo muda muito rápido e as...
5 formas de evitar perguntas tendenciosas ao criar o seu questionário Para garantir o sucesso da sua pesquisa de mercado, é preciso ter certeza que o seu questionário não possui perguntas te...
AUTOR
Pedro D'Angelo

Pedro D'Angelo

É jornalista, mas decidiu aventurar-se com Marketing. Aqui no Opinion Box, cuida de Projetos e Relacionamento com o Cliente. Hiperativo e curioso por natureza, fala sobre qualquer assunto. Por isso, achou uma boa ideia sentar para escrever sobre eles.

Daniela Schermann
Receba nossas novidades por e-mail