3 formas eficientes de gerar dados e obter inteligência competitiva

Daniela Schermann
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
3 formas eficientes de gerar dados e obter inteligência competitiva

Inteligência competitiva é um processo contínuo de monitoramento e análise estratégica, fundamental para qualquer empresa se destacar em seu mercado.

A inteligência competitiva identifica tendências de mercado, monitora a concorrência, estuda o comportamento do consumidor e realiza benchmarking constantemente para auxiliar os gestores em seus processos de tomada de decisão.

Para desenvolver um processo de inteligência competitiva, é necessário reunir e organizar dados de forma sistêmica e proativa.

Mas qual a melhor forma de obter esses dados? Veja três formas eficientes de gerar inteligência competitiva para a sua marca e colocá-la à frente da concorrência:

1. Pesquisa de mercado online

Ouvir o seu consumidor é o primeiro passo para obter inteligência competitiva. Sem saber o que as pessoas que consomem sua marca pensam sobre seu produto, é muito difícil se diferenciar.

A pesquisa de mercado online é a forma mais rápida e eficiente de conversar diretamente com suas Buyer Personas. É possível fazer uma pesquisa de mercado online com seus próprios contatos ou em um painel de respondentes.

Ao fazer uma pesquisa de mercado online em um painel de respondentes, você seleciona o perfil dos entrevistados que irão participar da sua pesquisa. Assim, se seu produto é relacionado ao mercado automotivo, pode enviar seu questionário apenas para pessoas habilitadas ou que possuem carro.

Uma das principais vantagens da pesquisa de mercado online é que ela é bem mais rápida do que uma pesquisa tradicional. Você pode respostas completas em poucos dias, ou até mesmo em menos de vinte e quatro horas.

Além disso, a pesquisa de mercado online também possui preços mais acessíveis, podendo chegar a ser feita até mesmo gratuitamente.

3 formas eficientes de gerar dados e obter inteligência competitiva

2. Data-Driven Marketing

Para quem não está familiarizado com o termo, a gente explica. Data-Driven Marketing é o marketing orientado por dados. Ou seja, através de números de audiência e outros dados que ajudam a identificar a entender o comportamento do consumidor, é possível reunir dados e informações que ajudam na tomada de decisão.

Mais do que reunir os dados, o Data-Driven Marketing analisa e extrai inteligência dos números para desenvolver o planejamento estratégico, traçar metas e monitorar as ações da empresa.

Algumas empresas utilizam o Data-Driven Marketing de forma bastante complexa. Mas algumas bases de dados podem e devem ser acompanhadas por qualquer empresa. Por exemplo:

  • Dados do Google Analytics: visitantes por mês, tempo média de visitas, origem dos visitantes etc.
  • Monitoramento de redes sociais: alcance de postagens, engajamento da audiência, novos fãs etc.
  • Relatórios de email marketing: Taxa de abertura e cliques de email, descadastramentos etc.
  • Performance de mídia online: Impressões, cliques, CTR (clicks through rate) etc.

3. Big Data Analytics

Assim como o Data-Driven Marketing, o Big Data Analytics também extrai informação de diferentes bases de dados. A diferença, aqui, é que não estamos nos restringindo ao marketing. Além disso, estamos falando de volumes de dados muito maiores, mais complexos e, muitas vezes, não estruturados.

O Big Data Analytics utiliza softwares de alto desempenho para coletar, organizar e interpretar dados obtidos em diferentes fontes para gerar inteligência e informação.

O Big Data Analytics pode analisar o histórico dos relatórios gerenciais da sua empresa, o comportamento dos clientes no ambiente do seu e-commerce, indicadores do cenário macroeconômico e o conteúdo das mídias sociais, para citar apenas alguns exemplos.

Qual a melhor forma de obter inteligência competitiva?

Como você pode perceber, a pesquisa de mercado online, o Big Data Analytics e o Data-Driven Marketing são formas complementares de se obter informações de dados. O ideal é que elas sejam usadas em conjunto.

No entanto, sabemos que nem sempre isso é possível. Para determinar qual a melhor forma de coletar dados para o seu negócio, pense no seu objetivo estratégico e nos seus principais desafios. Veja quais informações estão faltando para que você possa tomar decisões com segurança e avalie qual a melhor forma de obtê-las.

O importante é que você esteja sempre munido de informações, para não se basear apenas no seu instinto. Quer saber mais? Converse com nossos especialistas. Basta acessar o chat online do site do Opinion Box.

3 formas eficientes de gerar dados e obter inteligência competitiva3 formas eficientes de gerar dados e obter inteligência competitiva3 formas eficientes de gerar dados e obter inteligência competitiva3 formas eficientes de gerar dados e obter inteligência competitiva

Também poderá gostar de:

AUTOR
Daniela Schermann

Daniela Schermann

Jornalista e Líder de Marketing do Opinion Box, é especialista em Inbound Marketing e entende tudo sobre pesquisa e comportamento do consumidor. Prefere ser chamada só de Dani e está sempre aprendendo alguma coisa nova.

Daniela Schermann
Receba nossas novidades por e-mail