Convite de pesquisa de mercado: Como escrever um email adequado

Pedro D'Angelo
Convite de pesquisa de mercado: Como escrever um email adequado

Para ter uma boa taxa de resposta na sua pesquisa por email, é preciso escrever o convite de pesquisa de mercado ideal! Veja as nossas dicas!

Uma das principais formas de coletas de uma pesquisa de mercado online é via email. Tanto nas pesquisas no nosso Painel de Respondentes quanto nas pesquisas com seus próprios contatos, o respondente acessa o questionário após clicar em um convite recebido no endereço de e-mail dele. Mas como escrever um convite de pesquisa de mercado perfeito?

Quando optar por fazer pesquisas com a sua base de contatos , uma das suas tarefas será definir a mensagem do email. Este texto servirá de convite para que o respondente clique no link da sua pesquisa.

Como escrever o convite de pesquisa de mercado perfeito

Pode parecer uma tarefa fácil, mas existem alguns truques que podem garantir que mais pessoas cliquem no link e respondam sua pesquisa. Para escrever a mensagem certa e que vai convencer seu contato, separamos as principais dicas para você:

1. Seja simpático

Vamos encarar um email de pesquisa de mercado como um pedido. Você precisa que aquele seu contato abra seu link e responda o questionário. Com isso em mente, pense na melhor forma de tratar esse pedido para que ele seja atendido da forma que você espera e precisa.

O primeiro passo é adotar uma abordagem pessoal. Trate o seu email como um pedido para alguém que é próximo a você. Sem exagerar em formalidades, trate seu contato de forma simpática e ele já abrirá seu e-mail com mais boa vontade para responder seu questionário.

Convite de pesquisa de mercado: Como escrever um email adequado

2. Personalize o conteúdo

Personalizar o conteúdo do email de pesquisa de mercado também pode ajudar no engajamento da sua pesquisa. Já no próprio assunto do email, é possível alterar o texto a fim de deixa-lo mais atraente para quem receber o e-mail.

Já na mensagem, comece tratando seu contato pelo próprio nome (e sobrenome, se preferir). Assim, o e-mail já começa a fazer sentido para o seu contato logo no início – ele entende que aquela mensagem é realmente destinada a ele. No Opinion Box, essa personalização fica fácil: é só acrescentar os comandos |PrimeiroNome| e |Sobrenome|.

Recomendado para você:  Email marketing: pesquisa inédita sobre as melhores práticas

É claro que, enviando muitos e-mails, uma personalização muito direta e individual do texto fica difícil de se atingir. Mas para personalizar o convite da pesquisa de forma mais ampla e abrangente, existe um segredo. É só fazer tudo isso com seu público-alvo sempre em mente. Escreva uma mensagem que você sabe que seu público vai entender, se identificar e os resultados virão.

3. Explique o que (e por que) está pedindo

Independentemente da origem dos seus contatos, se eles são seus clientes, colaboradores da sua empresa ou contatos pessoais, é importante que eles saibam o que você espera deles e por que está pedindo aquilo.

No e-mail de convite da pesquisa, explique em linhas gerais do que se trata a sua pesquisa. Adiante o assunto, deixe clara a relevância daquela pesquisa para o respondente. Vale dizer que a pesquisa tem como objetivo melhorar um serviço ou entender melhor a opinião do usuário sobre um assunto específico. Demonstre que aquela pessoa tem um bom motivo para parar um pouco e responder seu questionário.

Também vale, em casos específicos em que o destinatário pode não te conhecer muito bem, explicar como você obteve o endereço de email dele.

Em um exemplo prático, imagine que sua pesquisa de satisfação será enviada para seus clientes. No email com o convite de pesquisa de mercado, deixe claro que ele mesmo forneceu o endereço de e-mail no ato da compra. Assim, o futuro respondente não é pego de surpresa, entende a ligação que tem com aquela pesquisa e possivelmente vai dedicar alguns minutos para respondê-la.

Recomendado para você:  As perguntas que não podem faltar em uma pesquisa de satisfação

4. Vá direto ao ponto

Assim como não é bom pesar sua mensagem de email com um texto formal demais, não vale a pena prolongar demais a conversa. Lembre-se que, no fim das contas, o importante aqui é que o respondente clique no questionário.

Por isso, não fale demais na mensagem de convite de pesquisa de mercado. Diga tudo o que precisa dizer de forma breve e sucinta.

Taxas de retorno de pesquisas por email

Mesmo seguindo todos esses passos e escrevendo a mensagem certa para sua pesquisa por e-mail, a taxa de retorno pode assustar quem não costuma mandar pesquisas dessa forma. A quantidade de pessoas que clica no seu link e responde à pesquisa varia entre 1 e 5%.

Se o resultado não está como você esperava, escrevemos um post para explicar por que sua estratégia de pesquisa de mercado está dando errado. Caso seu problema seja diferente, não se preocupe. Vamos tentar ajudar, é só entrar em contato.

Também poderá gostar de:

5 problemas que uma pesquisa de satisfação pode ajudar a resolver Uma pesquisa de satisfação vai dizer se seus clientes estão satisfeitos com seu produto ou serviço? Sim. Mais do que iss...
Por que seus entrevistados estão abandonando seu questionário de pesqu... Você já sabe que hoje em dia você mesmo pode fazer e enviar um questionário de pesquisa sozinho e sem se levantar da cad...
AUTOR
Pedro D'Angelo

Pedro D'Angelo

É jornalista, mas decidiu aventurar-se com Marketing. Aqui no Opinion Box, cuida de Projetos e Relacionamento com o Cliente. Hiperativo e curioso por natureza, fala sobre qualquer assunto. Por isso, achou uma boa ideia sentar para escrever sobre eles.

Daniela Schermann
Receba nossas novidades por e-mail